•  
     

Zuckerberg sai da lista dos 10 mais ricos de tecnologia, diz agência

O cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, não está mais entre os dez maiores bilionários do setor de tecnologia, revelou a agência “Bloomberg” nesta sexta-feira (3).

A fortuna do executivo de 28 anos caiu US$ 423 milhões na quinta-feira (2), quando as ações da maior rede social do mundo registraram queda de 4,02%, sendo cotadas a US$ 20,04. Ao longo do pregão de quarta (1), os papéis do Facebook chegaram a cair para menos de US$ 20 pela primeira vez.

Agora, Zuckerberg tem US$ 10,2 bilhões. Ele está US$ 400 milhões atrás de James Goodnight, cofundador da fabricante de software SAS Institute, que se tornou a décima pessoa mais rica do setor de tecnologia, de acordo com o “Índice de Bilionários” da Bloomberg.

A ação do Facebook já perdeu quase metade de seu valor desde que estreou na Nasdaq a US$ 38, em maio, na maior oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de uma empresa do Vale do Silício.
A fortuna de Zuckerberg é baseada nas 503,6 milhões de ações do Facebook que ele possui, incluindo 60 milhões de opções com preço de exercício de US$ 0,06 por papel. Ele também tem cerca de US$ 150 milhões em dinheiro e outros ativos líquidos.
Goodnight, de 69 anos, que fundou a SAS em 1976, tem US$ 10,6 bilhões. A empresa gerou receita de US$ 2,7 bilhões em 2011, um aumento de 12% em relação ao ano anterior. A SAS é avaliada em US$ 15,8 bilhões, segundo dados da Bloomberg.

O cofundador da Microsoft, Bill Gates, é o homem mais rico do setor de tecnologia, com um patrimônio líquido de US$ 61,6 bilhões, de acordo com o índice.


Fonte: G1