•  
     

Vizinho relata gritos no apartamento de Amy

Imagem

Um vizinho de Amy Winehouse, que pediu anonimato, declarou à imprensa britânica que, no sábado (23), acordou assustado ao ouvir gritos vindos da casa da cantora.

Você esperava que Amy Winehouse morresse tão cedo?
Relembre a vida e a carreira da cantora
Rita Lee, Lobão e outros lamentam a morte de Amy
Fãs se emocionam na despedida da diva

- Ouvi ruídos enormes, como se alguém estivesse sentindo dores. Brinquei com meu filho dizendo a ele que talvez ela estivesse usando drogas.

Fontes da indústria fonográfica assinalaram ao jornal britânico The Sunday Times que a cantora teria bebido muito nos últimos dias.

A Polícia Metropolitana de Londres informou que a autópsia do corpo da cantora não será feita neste domingo (24), a previsão é de que aconteça na segunda (25).

Um porta-voz da Polícia reiterou que o incidente ainda não tem esclarecimentos e disse que é prematuro levantar teorias até que seja realizada a autópsia do corpo da cantora.

A morte da cantora causou comoção entre personalidades da música, embora não muita surpresa para aqueles que a conheciam, dado seus problemas com drogas e bebidas, que a obrigaram a ingressar várias vezes em centros de reabilitação, mas não parecia superar sua dependência.

O estado de saúde de Amy voltou às manchetes de imprensa em junho, quando ela teve de cancelar sua turnê pela Europa, após sua atuação em Belgrado. Visualmente embriagada, ela foi incapaz de cantar durante os 90 minutos previstos.