•  
     

Vitória de Anderson Silva sobre Nick Diaz será revogada, segundo jornal

10750158_1009910105690268_8811189591644250330_o.jpg
10750158_1009910105690268_8811189591644250330_o.jpg (34.15 KiB) Visto 94 vezes


A vitória do lutador brasileiro Anderson Silva no último sábado, sobre o americano Nick Diaz, no evento principal do UFC 183, deve ser revogada e transformada em "No Contest" (luta sem resultado). A informação foi dada por Bob Bennett, diretor executivo da Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC), ao jornal "Folha de S. Paulo" na noite de quinta-feira. A comissão foi o órgão regulador do torneio do último sábado em Las Vegas e vai receber Spider e sua equipe no próximo dia 17 de fevereiro para uma


caso de doping em exame pré-luta.


- Sim, (o resultado) será alterado para "No Contest" - disse Bennett ao periódico.
O Combate.com tentou contato com Bennett para confirmar a informação, mas não teve resposta imediata. O vice-presidente de assuntos regulatórios do UFC, Marc Ratner, já havia indicado ao site no início da semana que a organização seguiria a decisão da comissão.
Além disso, Bennett afirmou ao jornal que Anderson Silva deve perder um percentual de sua bolsa para lutar no UFC 183. O lutador recebeu US$ 600 mil (R$ 1,6 milhão) pela luta e US$ 200 mil (R$ 540,8 mil) pela vitória; somados os valores, Spider recebeu US$ 800 mil (R$ 2,1 milhões)


maior salário oficial de um atleta na história do UFC.