•  
     

Vettel domina e faz a pole em Melbourne

O campeão mundial Sebastian Vettel, da Red Bull, mostrou por que é favorito ao título ao conquistar a pole postion do Grande Prêmio da Austrália, prova de abertura da temporada 2011 da Fórmula 1.

O alemão de 23 anos fez o melhor tempo nas três sessões, deixando os rivais para trás com uma volta de 1 min 23.529 s, cerca de meio segundo mais rápido do que seu melhor tempo no ano passado e 0.778 s mais rápido do que o britânico Lewis Hamilton.

"Embora a diferença possa parecer grande, a temporada é longa e muitas coisas podem acontecer", disse um cauteloso Vettel, que não completou a prova em 2010.

"É uma boa posição para estar, e eu estou muito feliz com isso (mas) nós precisamos ter os pés no chão."

Hamilton fez 1.24.307 na sua McLaren, deixando o companheiro de equipe de Vettel, Mark Webber (1.24.395) fora da primeira fila do grid. O australiano terá a companhia de Jenson Button (1.24.779) da McLaren na segunda fila.

Na terceira fila, Fernando Alonso da Ferrari larga em quinto lugar, ao lado de Vitaly Petrov, da Renault.

"Se você olhar para o ritmo de Sebastian, diria que estamos bem diferentes na qualificação, mas na corrida eu não sei", disse Button, vencedor da prova nos últimos dois anos.

"Nós realmente ainda não sabemos realmente como será nosso ritmo na corrida ainda."

A McLaren lutou pela confiabilidade nos testes de inverno e Hamilton elogiou o "excelente trabalho" feito pela equipe para dar aos seus dois pilotos um carro competitivo.

"Estou encantado por estar aqui hoje, nós realmente voltamos à disputa e, embora haja muito trabalho a fazer, temos uma base fantástica", disse o campeão mundial de 2008.

FERRARI DECEPCIONA

Webber pretende se tornar o primeiro australiano a vencer o GP caseiro e estava claramente desapontado por estar tão longe de seu companheiro de equipe.

"A diferença entre os carros não é suficiente para eu ser o terceiro no grid", disse ele. "Eu não estava realmente na luta pela pole e preciso resolver isso."

Nico Rosberg levou sua Mercedes ao sétimo lugar no grid, à frente do brasileiro Felipe Massa, num dia decepcionante para a Ferrari.

"Pela posição estamos felizes, mas pela distância da pole não, é o que teremos que analisar esta noite", disse Alonso.

Michael Schumacher não cumpriu a promessa da boa pré-temporada de testes com a Mercedes e larga na 11a colocação. "Depois dos testes, se esperava muito desempenho melhor na primeira corrida e isso naturalmente causa uma certa decepção", disse o heptacampeão mundial à BBC.

Vitantonio Liuzzi HRT e Narain Karthikeyan não conseguiram ficar na faixa de 107 por cento do tempo da pole na primeira sessão, portanto não vão participar da corrida de domingo, embora ainda possam recorrer.

O início da temporada foi adiada por duas semanas após o a prova do Barein ser cancelada por conta dos conflitos políticos no do país.

Fonte: estadao