•  
     

Verdão pode impedir título do Corinthians 90 anos depois

Palmeiras quer reeditar, no Nacional, rodada final do Paulistão de 1921, em que evitou o título alvinegro


Imagem

O Palmeiras termina a temporada de 2011 motivado apenas pela rivalidade, podendo atrapalhar o Corinthians em seu plano de chegar ao título nacional. As duas equipes se encontram na última rodada da competição e, dependendo da combinação de resultados, uma vitória - ou até mesmo um empate - alviverde pode ser responsável por azedar a festa do Timão.
A situação é rara. Até mesmo os especialistas na história dos clubes Celso Unzelte (Corinthians) e Márcio Trevisan (Palmeiras) conseguiram apontar apenas um caso semelhante: o Campeonato Paulista de 1921. Na ocasião, a ainda jovem rivalidade entre o então Palestra Itália e o Corinthians ganhou um de seus primeiros episódios.
O Verdão chegou à rodada final do Estadual sem chances de título e recebeu o arquirrival, que precisava de uma vitória para consagrar-se campeão. Em um Parque Antárctica lotado, o resultado foi 3 a 0 para o Palestra, e o Paulistano, que venceu sua partida contra o Sírio, levantou a taça.
Nesse jogo histórico, estavam presentes jogadores que se tornaram grandes ídolos dos dois clubes. Pelo lado alviverde, Heitor, autor de um dos gols da partida, é até hoje o maior artilheiro da história palmeirense, tendo balançado as redes 327 vezes.
Considerado por muitos o primeiro ídolo corintiano, Neco também participou do jogo. O jogador é o quarto maior goleador que já passou pelo alvinegro, com 235 gols marcados.
A possível reedição do caso, 90 anos depois, mostra o principal resultado da decisão tomada este ano, de realizar os clássicos na rodada final do Nacional. No lugar das "entregadas" que marcaram o campeonato do ano passado, poderemos ter um fim de temporada com grandes jogos e episódios memoráveis.

Confira a ficha técnica de Corinthians 0 x 3 Palestra Itália, na decisão do Campeonato Paulista de 1921:
CORINTHIANS 0 x 3 PALESTRA ITÁLIA
Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 25/12/1921 (tarde)
Árbitro: Herman Friese
Renda/Público: não disponíveis
Gols: Martinelli (20' 1ºT), Imparato e Heitor (2ºT)
CORINTHIANS: Mário, Nando e Gano; Rafael, Amílcar e Ciasca; Américo, Neco, Garcia, Tatu e Rato. Técnico: Guido Fiacominelli
PALESTRA ITÁLIA: Primo, Gasperini e Nigro; Bertolini, Picagli e Ítalo; Forte, Ministro, Heitor, Imparato e Martinelli. Capitão: Picagli.


FONTE: Lancenet
 
kkkkk , palmeirense quer oqe esse ano? corinthians vai ser campeão domingo fiote ! o palmeiras so vai entrega faixa
 
eu acho palmeiras lixo de mais, mais eles vao ganhar domingo do corinthians pode apostas uhsuhsuhsushuhu
 
palmeiras segundona shushsuhsuhus
 
pior que nao vai pra segundona? sabe oque é palmeiras? Felipe scolari ! manda em tudo
 
kkkkkkkkkkkkk pode ate ser