•  
     

Velasquez arrasa campeão dos pesados do UFC; brasileiros perdem

Imagem

Em noite ruim para os brasileiros Paulo Thiago e Gabriel "Napão" Gonzaga, a edição 121 do UFC (Ultimate Fighting Championship) foi dominada pelo aguardado duelo dos pesos pesados entre o campeão Brock Lesnar e o desafiante Cain Velasquez, que deu verdadeiro show na noite deste sábado (madrugada de domingo no Brasil) em Anaheim, nos Estados Unidos, e terminou o duelo como novo detentor do cinturão.
Em noite inspirada, Velasquez sufocou Lesnar e teve a vitória declarada por nocaute técnico ainda no primeiro round. Com o feito, entrou para a história da modalidade ao se tornar o primeiro campeão dos pesados com ascendência mexicana (os dois competidores são americanos). Assim, o novo dono do cinturão já tem seu novo adversário em 2011 na tentativa de se manter no topo: o brasileiro Junior Cigano, que garantiu o direito da disputa em agosto, quando venceu Roy Nelson.
Depois de início em forte ritmo do campeão, Velasquez soube manter a calma e esperar o melhor momento para atacar Lesnar. Com bons golpes, o desafiante, algoz do brasileiro Rodrigo Minotauro em fevereiro, castigou o rival na grade com socos fortes e só foi interrompido quando o árbitro encerrou o combate por nocaute técnico, aumentando sua invencibilidade agora para nove vitórias em nove duelos. Já o agora ex-detentor do título soma cinco triunfos e duas derrotas.
Outro duelo esperado na noite pelos fãs americanos era para ver o compatriota e lendário Tito Ortiz contra o também da casa Matt Hamill. No entanto, o ex-campeão dos pesados ampliou seu jejum de vitórias ao ser dominado totalmente pelo adversário nos três rounds e conhecer nova derrota por decisão unânime dos jurados. Os torcedores ainda vibraram com mais um representante local, o estreante no UFC Jake Shields, que fez combate equilibrado com o dinamarquês Martin Kampmann, mas levou a melhor por escolha dividida do corpo de jurados.
Brasileiros perdem
Dois representantes da luta brasileira também foram protagonistas do UFC 121, mas decepcionaram no octógono diante de seus rivais. Gabriel "Napão" Gonzaga não foi bem diante do americano Brendan Schaub e acabou derrotado por decisão unânime dos jurados em duelo dos pesos pesados. O vencedor aplicou bons golpes durante os três rounds e não deu chances de reação ao oponente, que esteve em desvantagem durante todo o duelo.
Já o policial do Bope Paulo Thiago teve início melhor diante do também americano Diego Sanchez, com amplo domínio na primeira parcial, disputada em pé e no solo. No entanto, o brasileiro perdeu as chances que teve para finalizar o combate e sucumbiu a reação do adversário nos dois rounds seguintes, que levou a melhor em decisão unânime dos jurados.


Font: Terra.com.br