•  
     

Uma boa fonte substitui um estabilizador?

Essa discussão é mesmo boa. Concordo plenamente que existam por ai na rede uma série de "achismos" que não se sustentariam por mais do que dois ou três porquês.

Para não ficar no "achismo", permitam-me aportar algumas informações.

O estabilizador trabalha numa frequência de 60 Hz. Uma vez detectado uma anomalia ele somente conseguirá "mudar" para mais ou menos a tensão em sua saída, no próximo ciclo, ou no próximo meio ciclo da rede elétrica. Isso significa que no mínimo vai ter que esperar algo em torno de 0,016 ou, se meio ciclo 0,008 segundos.

Belo tempo, vocês dirão. Muito rápido.

Vejamos como se comporta uma fonte chaveada, típica de PC, das medianas. As mais avançadas, mais caras, trabalham com frequências de até 400 KHz. As genérica prá mais de metro, as mais vagabundas possível, trabalham com frequências da ordem de 50 KHz. Para nosso exemplo vamos tomar as medias. Essa nossa fonte típica poderá trabalhar tranquilamente na frequência de chaveamento de 100 KHz (brincando).
Ora, ela também só conseguirá refletir alguma correção em seu próximo ciclo de trabalho, se detectada uma boa razão para a correção.

Se sua frequência de trabalho é de 100.000 Hz, a duração de seu ciclo de trabalho é de 1/100.000 = 0,00001 segundo (compare com o tempo de resposta da tartarug... digo, do estabilizador)... O que??? quase 1000 vezes mais rápida.

É isso mesmo. Quando acontece na sua casa uma variação da tensão da rede elétrica, (ao ligar o chuveiro, por ex.) algum dispositivo terá que fazer com que essa queda não se reflita nas tensões de 3.3, 5 e 12 Volts que alimentam o seu PC.

A fonte chaveada está ali para resolver essa questão e toma um tempo de cerca de 0,00001 segundos para por tudo em dia novamente. Seu PC está novamente com suas tensões muito boas mesmo que a tensão de rede tenha caído, 10 volts, vamos dizer somente como exemplo. O tempo passa. O problema já está resolvido..... Muito tempo depois, (nesse nosso universo), o problema já resolvido e vem o estabilizador e joga a tensão da rede 10 a 12 volts acima da que estava (lembre-se que ele é lento).
Essa tensão subindo esses 10 a 12 volts que representam a tentativa de "correção" daquele problema antigo (chuveiro) faz com que a fonte que já havia trabalhado para corrigir a queda provocada pelo chuveiro, agora tem também que corrigir a correção do estabilizador derivada, com atraso, da queda do chuveiro.

Ou seja. Sempre que você quiser ver a sua fonte trabalhando o dobro daquilo que normalmente teria que trabalhar, coloque antes dela uma tartarug.. digo estabilizador.

A falácia chamada estabilizador é uma herança maldita. De nada serve na frente de seu micro.

Quero mostrar para vocês, que me lêem agora e não tem nenhuma obrigação de dar crédito a nenhuma de minhas palavras, dizia quero apresentar a vocês uma pessoa em quem vocês acreditam, tenho certeza.
Apresento-lhes vocês mesmos. Vocês passarão a dizer a vocês mesmos para que serve um estabilizador, sob a forma de perguntas/respostas;

1) Pergunta: Picos de tensão, glitches, ruídos elétricos na rede, posso evitá-los com um estabilizador?
R: É muito fácil de entender que esses picos, ruídos etc são de natureza rápida, acontecem e somem, passam para sua fonte e algum tempo depois, mesmo que seja 0,008 segundos seu estabilizador faz tlec-tlec chamando uma tensão menor e logo chamando uma tensão maior. Veja que o pico de tensão apareceu passou para sua fonte e sumiu. Toda boa literatura técnica irá dizer que para remoção de picos, transiente rápidos, ruídos, glitches e outras interferências elétricas há que se utilizar de um bom filtro, ou supressor de transientes, ou filtro de linha, ou régua protegida, etc, de preferência com um bom aterramento que leve a massa todos essas porcarias.

2) Pergunta: Com um estabilizador consigo evitar que a incidência de uma descarga atmosférica passe para o meu computador?
R: Um estabilizador faz a ligação de sua rede elétrica (entrada) com a sua tomada de saída, o tempo todo. De vez em quando, em um desses semiciclos de rede, ele, o estabilizador toma outra derivação de seu transformador, para pegar maior ou menor tensão, mas sua função é garantir que a rede permaneça ligada ao seu computador, quer caia raio ou não na rede elétrica. A literatura também é clara quando diz que tensões maiores, fora de padrões, tipicamente encontradas em situações de tempestades com raios, devem ser drenadas a terra através de dispositivos de proteção que contenham elemento do tipo MOV (metal oxide varistor). Por outro lado o seccionamento da rede de entrada com o restante do PC deve ser providenciado por elemento fusível. Para se evitar a subida rápida da corrente de exceção há que ser colocado em série com a alimentação as bobinas de proteção (aquelas que se vê nos filtros de entrada das boas fontes). Ou seja, todos esses componentes que citei se encontram nas fontes e nas réguas de proteção, nos protetrores de surto nos "surge protectors".

3) Pergunta: É verdade que o estabilizador de tensão é capaz de deixar passar somente a energia limpa para o meu PC?
R: Isso é uma função típica dos filtros e, de novo, de preferência com um bom aterramento para drenar a massa todo o lixo.

4) Pergunta: A tesão em minha casa oscila em valores, já lidos e comprovados, de 95 volts até 150 volts. Tenho que colocar um estabilizador?
R: Tem. Tem sim. No refrigerador. Pois refrigerador algum consegue dar partida com tensão de 95 volts. No seu micro não. Coloque no seu micro, se você gosta mesmo dele, uma moderna fonte com PFC ativo, que lhe proporciona um melhor uso da energia e lhe fornece, de graça, a possibilidade de operação, de modo normal, na faixa de 90 até 270 volts, sem necessidade de selecionar chave alguma.

5) Pergunta: Você não acha arriscado ligar um micro direto na tomada assim como se faz com a TV, o forno de microondas, o videocassete, o DVD, a TV de plasma, o condicionador de ar, o refrigerador, o forno elétrico, o freezer, as máquinas de lavar, a minha TV novinha LCD de 42 polegadas que levei anos para comprar???
R: Sem resposta.

6) Pergunta: Meu pai vai a negócio para os EUA. Posso mandar ele trazer um estabilizador dos bons, dos melhores, para meu micro?
R: Pode. Mas aconselho que espere sentado, pois esse elemento não existe lá no dito primeiro mundo. Tente buscar na Newegg, na ZipZoomFly, na PgCom, na BestBuy, vá pela internet. Vê se você acha??
Você encontra sim distintos tipos de power protection, a saber:
Surge Suppressors (supressores de transientes, filtros etc)
UPS - São os no-break....
Tenta encontrar um estabilizador...Você seria capaz de citar pelo menos uma dúzia de ótimos fabricantes mundiais de fontes, de memórias, de gabinetes, de placas de vídeo, de placas-mãe. Tente encontrar um fornecedor mundial de estabilizador...............

Finalmente, para aqueles que disserem que é bom comprar um estabilizador porque ele tem fusível e também tem filtro. Ora compra uma cafeteira que tem fusível e também tem filtro (de café).

O elemento que tem tudo isso se chama "surge suppressor" , ou régua de proteção, ou filtro de linha ou.....e ai vai. Não ponha esse estabilizador que, você está pensando em comprar, a fazer nada e ainda atrapalhar sua fonte.
Muitas pessoas compram um belo estabilizador e dai, como o dinheiro pode ficar curto compram uma fonte de 700 Watts por R$ 65,00. Os três se merecem, o comprador, a fonte e o estabilizador.

Desculpe pela extensão do tópico. Não aguentei...
Abraço...

Fonte:
http://forum.clubedohardware.com.br/boa-fonte-substitui/430112