•  
     

Traficantes de favelas do Rio proíbem a venda de crack

Traficantes das favelas do Jacarezinho e do Mandela, na zona norte do Rio, proibiram a venda de crack nas comunidades.

Nesta quarta-feira, eles afixaram cartazes nos locais alertando aos usuários que não seria mais possível comprar a droga.

Outros entorpecentes continuam sendo vendidos nas duas favelas, que são controladas pela facção CV (Comando Vermelho), a mais antiga da cidade. As duas comunidades são vizinhas.

Quem divulgou a decisão dos traficantes foi a ONG Rio de Paz, presidida pelo ativista dos direitos humanos Antônio Carlos Costa. De acordo com Costa, os traficantes tomaram a iniciativa depois que aumentou o índice de roubos, furtos e brigas na comunidade.

Os traficantes do Rio são conhecidos por não permitirem esse tipo de atitude nas áreas sob seu domínio.

Costa afirmou que os bandidos calculam que hajam pelo menos mil usuários que frequentam as duas favelas diariamente em busca do crack. Ainda segundo o ativista, eles afirmam que a venda de crack representa 50% da receita do tráfico no local, mas não estaria compensando pelo problemas e pela atenção que o movimento estava chamando do poder público.

Costa acredita que a iniciativa, adotada em duas das principais favelas controladas pela facção, deve se espalhar para outras comunidades.

"A ação é apoiada pelos moradores locais, que se revelam cansados em lidar com esses usuários. O crack é uma droga que destrói a pessoa de uma forma tal que ela vira um zumbi, um farrapo humano", afirmou Costa.

A maior preocupação agora, afirmou, é saber para onde vão esses usuários. Há o temor de que eles reajam com violência à proibição. "Queremos chamar também a atenção do poder público para que cuide dessas pessoas. A proibição da venda vai provocar a migração de milhares de dependentes para outros locais. Queremos que o governo se adiante a esse processo", acrescentou.
 
UP KKKK
 
Mano Se todos traficantes fosse assim Neh nao SERIA bom kkkkkk 1 DROGA a menos na comunidades mas tem muitos lugares que vende e o crack e a droga mas prejudicial a saude deixa loco o cara se Loko pqp Nem podia vende essa droga !
 
intao né man
 
O Mandela tá em festa (8)
crack é f***, droga do demônio, o baile do Mandela vai fluir agora, rs !