•  
     

Toxic Lady - Gloria Ramirez (Mulher Tóxica)

No dia 19 de fevereiro de 1994, Gloria Ramirez foi levada para o Hospital Geral de Riverside, sofrendo de câncer cervical. Ela estava confusa e sofrendo com problemas respiratórios.

A equipe médica injetou Valium, Versed e Ativan para sedar ela, e Lidocaína para estimular o coração. Ramirez estava respondendo mal ao tratamento e a equipe teve que usar o desfibrilador em seu coração.
Quando foi usado, várias pessoas falam que viram um brilho oleoso cobrindo todo o corpo de Ramirez, alguns sentiram um cheiro de alho, e falaram que estava saindo da boca da Ramirez. A enfermeira Susan Kane tentou tirar sangue do braço dela e notou um cheiro de amônia saindo do tubo de ensaio.
Ela passou a seringa para a médica Julie Gorchynski, que percebeu partículas com uma cor diferente flutuando no sangue. Susan Kane, a enfermeira que tirou o sangue, desmaiou e foi retirada da sala. Pouco tempo depois a médica Julie sentiu náuseas, falando que sentia a cabeça leve, ela também deixou a sala de cirurgia. Um médico da equipe dela perguntou se ela estava bem, mas antes dela responder, ela também desmaiou.
Maureen Welch, um especialista em sistema respiratório que também estava na sala foi o terceiro a sair. O pessoal do hospital então foi obrigado a evacuar todos os pacientes da emergência para o estacionamento do hospital, ficando só uma equipe pequena para tentar estabilizar a Glória Ramirez.
45 minutos depois da desfribilação no coração, Gloria Ramirez foi declarada morta pela falência dos orgãos relacionados ao câncer.

O departamento de saúde da califórnia colocou 2 cientistas para pesquisar o caso, os doutores Ana Maria Osório e Kersten Waller.
Foram entrevistados 34 funcionários do hospital que estiveram trabalhando na sala de emergência naquele dia. Usando um questionário eles descobriram que as pessoas com sintomas mais severos como perda da consciência, falta de ar, e espasmos musculares tinham certas coisas em comum.
Pessoas que trabalhavam nos pés de Ramirez e com seu sangue sofreram mais risco.
A pesquisa revelou que as mulheres sofreram reações maiores que os homens, e todo mundo teve o teste de sangue normal.

Teoria:
Esse caso ficou conhecido como um caso de "Histeria em massa" já que não teve conclusão.
Dr. Gorchynski negou que tivesse sido afetada por uma histeria em massa, e apontou para sua própria história médica como prova. Após a exposição, ela passou duas semanas na UTI com problemas respiratórios, desenvolveu hepatite e necrose vascular em seus joelhos.

Conclusão:
Dois meses depois que Ramirez morreu, seu corpo estava em decomposição e foi liberado para autopsia.
A autopsia não conseguiu determinar a causa da morte, pela ausensia do coração e outros orgãos que foram contaminados com matérial fecal.
Ramirez foi enterrada em uma cova anônima em Riverside.


Gloria Ramirez ficou conhecida como a "Mulher Tóxica". Seu caso foi usado em um episódio da série Arquivo X, e Grey's Anatomy

Fonte: http://medob.blogspot.com/search/label/Mist%C3%A9rios