•  
     

Torcida grita "Vitor arregão" durante treino aberto de Wanderlei para o UFC BH

Imagem
Wanderlei Silva faz treino aberto no centro de Belo Horizonte para o UFC 147
Cerca de mil pessoas enfrentaram um forte calor em Belo Horizonte para assistir ao treino aberto para o UFC 147 nesta quarta-feira na Praça da Estação, no centro da capital mineira. Animada, a torcida poupou hostilidades aos lutadores estrangeiros e teve como alvo o brasileiro Vitor Belfort, que estaria na luta principal do evento contra Wanderlei Silva se não fosse uma lesão na mão esquerda durante a preparação.

Quando Wanderlei subiu no tatame para fazer o seu treino diante do público, foi muito ovacionado. E a torcida mostrou que está do seu lado na rivalidade contra Belfort, que foi chamado de “amarelão irresponsável” e respondeu dizendo que o ex-campeão do Pride “luta com a boca”.

“Vitor arregão!” era o coro entoado pelo público mineiro. Ao comentar o apoio da torcida, Wanderlei preferiu não atiçar a polêmica com o rival e se limitou a dizer: “A voz do povo é a voz de Deus”. Os torcedores também o saudaram com cantos de “Cachorro Louco” e ainda chamaram Belfort de “amarelão”.

No microfone da cerimonialista, Wanderlei foi ainda mais político: “É muito legal receber esse reconhecimento. Mostra que o nosso esporte está em um momento diferente, tem muitos praticantes aqui. E essa energia de vocês ajuda muito depois de três meses treinando duro”.

A lesão de Belfort frustrou o que seria o duelo entre os técnicos da primeira temporada do reality show The Ultimate Fighter Brasil. No seu lugar, o norte-americano Rich Franklin vai enfrentar Wanderlei. Ex-campeão do UFC, ele esbanjou simpatia e mostrou habilidade com a língua portuguesa.

“Muito obrigado, é muito bom estar no Brasil, onde o UFC nasceu com os Gracie”, disse Franklin para o público, em bom português. “Essa luta vai estar muito divertida”, completou o norte-americano, que voltou a arranhar a língua local ao comentar sua semelhança com Jim Carrey: “Todo mundo fala isso”.
 
esse Vitor é um comédia, desde que tomou aquele chute do Anderson, virou uma mulherzinha !