•  
     

Tentativa de Seedorf ficar na Europa falha, e desejo de esposa aproxima meia ao Botafogo

Imagem
Após sair do Milan, Seedorf nunca escondeu que sua preferência era permanecer na Europa. O desejo do holandês parecia próximo de um desfecho feliz com o interesse demonstrado pelo Tottenham-ING. Mas o meia pediu um adiantamento das luvas, os ingleses não gostaram e a negociação falhou. Agora, restam quatro propostas: Qatar, Emirados Árabes, China e Botafogo. O sonho de sua esposa, Luviana, em voltar ao Brasil pode ser decisivo e o jogador está próximo de fechar com o clube alvinegro.
A maior proposta é do Guangzhou Evergrande-CHI, que estaria disposto a pagar um salário próximo a R$ 1 milhão mensais. As ofertas dos times do Qatar e Emirados Árabas também são superiores ao que o time de General Severiano está disposto a pagar. Entretanto, a família do holandês tem como objetivo voltar ao Brasil se não for possível permanecer na Europa. Neste cenário, o Botafogo ganhou força e o acordo, que vem sendo costurado há meses, poderá ser concluído nos próximos dias.

O Botafogo, por sua vez, trata o assunto com muita cautela e sigilo. Se no início da negociação os dirigentes falavam abertamente sobre Seedorf, hoje em dia houve uma mudança de postura. O presidente do clube, Maurício Assumpção, é quem comanda as negociações e não dá declarações sobre o andamento das tratativas. “Desculpa, mas não vou falar sobre esse assunto”, disse durante um evento no Maracanã, nesta segunda-feira ao UOL Esporte.

Caso a negociação se concretize, o mandatário cumprirá a promessa feita em 2009 de que contrataria um jogador de "fechar o aeroporto". Desde então, nomes como o de Diego e Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, foram especulados para defender a equipe da Estrela Solitária, mas nada concretizado até aqui.

Na última semana, em evento promovido pelo departamento de marketing, Maurício Assumpção despistou sobre a negociação. Ao ser questionado sobre a possibilidade de enfim cumprir a promessa de 2009, o mandatário deixou em aberto: “Quem sabe”. Na sequência, deu a mesma resposta para a pergunta: "Pode vir de Milão?”.

O presidente tenta manter sigilo sobre a negociação, mas o fato é que as tratativas estão bem encaminhadas. Na terça-feira, boatos sobre uma reunião com Seedorf na casa de Assumpção agitaram o Rio de Janeiro. No entanto, o Botafogo negou o encontro.
 
é bom que ele nao va para corinthian, para o bem del, kkkkkk
 
kkkkkkkkkkk inda bem mesmo prefiro todos times menos o Corinthians mas na real ele podia ir pro São paulo mano ;P KKKKKKKKKK