•  
     

TECNOLOGIA: Sedes da Copa do Mundo terão internet de até 100 mb

Imagem

O Governo Federal pretende levar internet de banda larga de até 100 Mbps para as 12 cidades sedes da Copa do Mundo de 2014 durante o torneio. O projeto custará ao país, entre investimentos públicos e privados, 200 milhões de reais.

Segundo Paulo Bernardo, ministro das comunicações, em entrevista ao Universo Online, esta velocidade indica, porém, uma estimativa de velocidade máxima e que não necessariamente esta será a velocidade real das conexões em todas as cidades contempladas.

Ainda segundo ele, a intenção é de que já na Copa das Confederações, que acontece daqui a dois anos no Brasil, as cidade do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Porto Alegre já receberão este serviço de modo a testar a funcionalidade do programa.

“Depois da Copa, vamos ter uma estrutura que comporta projetos que qualquer país do mundo tem hoje (...) Nós vamos construir essa infraestrutura de forma a dotar essas cidades de conexões ultrarrápidas. Elas ficarão com esse legado (...) Mas nós não podemos montar internet ultrarrápida para uma região e deixar o resto fora. Queremos serviço oferecido em larga escala no país. E barato.”, projetou o ministro.

Paulo Bernardo disse ainda que a intenção do Governo é levar as empresas a oferecerem internet de até 5 Mbps até 2014, seguindo o PNBL (Plano Nacional de Banda Larga), iniciado este ano e que também é encabeçado por ele.

Vale ressaltar, em meio às promessas, que 2014, além de ano de Copa do Mundo no "país do futebol" também será ano de eleições presidenciais, embora alguns brasileiros dêem de ombros para este detalhe.



EITA ____ as net vão ser mais rapida que a velocidade da luz rsrsrs
 
aff, eu moro em Novo Hamburgo, bem perto de Porto Alegre '--'