•  
     

Sem reforços pedidos, Muricy critica dirigente do Santos: "muito devagar"

:icon_arrow: Apesar da vitória do Santos por 2 a 1 diante da Ponte Preta neste domingo, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Muricy Ramalho criticou o superintendente do clube, Felipe Faro, pelo fracasso da diretoria santista em reforçar o time para a sequência da temporada.

Muricy ironizou o dirigente ao dizer que entraria em campo ao lado dele e do auxiliar Tata por falta opções no elenco, e acredita que o dirigente é “muito devagar” na função.