•  
     

Seleção de vôlei chega à Bulgária após viagem de 40 horas e princípio de incêndio no ônibus

Imagem

Bombeiros controlam princípio de incêndio no ônibus da seleção em Sofia, enquanto jogadores aguardam

A seleção masculina de vôlei, enfim, chegou à Sofia, na Bulgária, cidade que sediará a fase final da Liga Mundial. Para chegar ao destino, no entanto, a delegação brasileira passou por um contratempo já na cidade búlgara. No caminho do aeroporto para o hotel, o ônibus que levava a equipe teve que ser esvaziado devido a um princípio de incêndio.

Os bombeiros foram chamados para apagar a fumaça que saia da parte de baixo do veículo, e o motorista tentou resolver o problema que causava a fumaça. Enquanto isso, esgotados após uma viagem de praticamente 40 horas, os jogadores postavam fotos nas redes sociais e comentavam o acontecimento.

"Já chegamos e até ônibus pegando fogo nós agüentamos !!!!!", escreveu o ponta Giba. "Isso é o busao pegando fogo,na chegada aqui na Bulgária ,que faseeee. Kkk", postou Dante.

"Quando alguém começou a gritar dizendo que o ônibus estava pegando fogo, pensei que era brincadeira e só resolvi sair quando senti o cheiro de óleo queimado. Foi uma bela recepção que os búlgaros nos proporcionaram", afirmou o central Rodrigão.

Para chegar até Sofia, a seleção saiu do Rio de Janeiro por volta das 20h de sexta-feira, ainda sem saber se classificaria para a fase final. A delegação partiu para São Paulo, onde pegou um avião com destino a Dubai. De lá, seguiram para Frankfurt, e, por volta das 13h deste sábado, chegaram à Bulgária.

A estreia do Brasil na fase final será na próxima quarta-feira. Além dos brasileiros, o Grupo F contará também com Cuba e Polônia. Os time se enfrentam entre si, e os dois melhores avançam à semifinal, que será no sábado.