•  
     

Santos acusa Andrés sanches de prejudicar o santos contra o corinthians

SANTOS - Neymar vai ter de descansar e se alimentar bem nos próximos dias para voltar a ser o melhor jogador do Brasil e ter condições de fazer a diferença contra o Corinthians no segundo jogo das semifinais na Libertadores, quarta-feira, no Pacaembu. Nada de festinhas, passeio de iate e compromissos. O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, defende o descanso do craque e atribui a derrota para o Corinthians à uma estratégia maquiavélica armada pelos corintianos Andrés Sanches, diretor de seleções, e Mano Menezes, técnico da seleção brasileira.
Luis Alvaro afirmou que o astro santista perdeu peso e massa muscular e voltou esgotado fisicamente depois de ter disputado os três amistosos do Brasil nos Estados Unidos, em condições adversas. Para ele a convocação de Neymar e Rafael (Ganso não se apresentou porque fez uma artroscopia) minou o Santos e ajudou o Corinthians nas semifinais da Libertadores. "Neymar voltou dos amistosos da seleção abaixo do peso, com menos massa muscular e nervoso, tanto que diante do Corinthians se envolveu em disputas duras de bola que não são normais da parte dele", queixou-se Luis Alvaro.
 
 
santos vai ganhar mano