•  
     

Ronaldo brilha, iguala Messi na artilharia do Espanhol e Real humilha o Osasuna

O torcedor do Real Madrid não se arrependeu nem um pouco de ter acordado cedo para assistir à sua equipe na manhã deste domingo. No incomum horário das 12h - horário de Madri, 9h em Brasília -, o time da casa arrasou o Osasuna com uma goleada de 7 a 1 no Santiago Bernabéu. O Real passará mais uma rodada na liderança do Campeonato Espanhol.

Mesmo que o Barcelona vença o Athletic Bilbao, fora de casa, logo mais, às 16h55 de Brasília, com transmissão ao vivo da ESPN, a diferença do time merengue na ponta ainda seria de um ponto para o rival - 28 a 27 pontos. O Osasuna está em oitavo, com 14 pontos.

O nome do jogo foi Cristiano Ronaldo. O português fez três gols e se igualou a Lionel Messi na artilharia do Campeonato Espanhol com 13 gols cada um. Além disso, Ronaldo ultrapassou o chileno Ivan Zamorano como 15° maior goleador da história do Real, com 103 gols. Está a apenas um do Ronaldo brasileiro, com 61 partidas a menos.

O torcedor também pôde finalmente ver Nuri Sahin atuando com o uniforme branco. Sahin entrou aos 21 do segundo tempo para fazer sua estreia pelo Real. Ele não jogava desde 17 de abril, quando sofreu uma lesão nos ligamentos do joelho esquerdo em jogo do Borussia Dortmund, seu ex-time. No início da pré-temporada com o Real, o turco machucou o joelho direito. Sahin custou 10 milhões de euros aos cofres da equipe de Madri. Ele teve pouca participação no jogo, mas pôde cobrar uma falta perigosa. A bola passou perto da trave esquerda do goleiro Fernández.

A má notícia fica por conta de Di María. O argentino brilhou e deu as assistências dos três gols do primeiro tempo, mas saiu logo no começo do segundo tempo de maca e chorando por lesão muscular. Deve desfalcar a Argentina nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

Os brasileiros Kaká e Marcelo não jogaram por lesão. Kaká, aliás, deve perder os amistosos da seleção contra o Gabão, nesta quinta-feira e contra o Egito, dia 14 de novembro, por problema na panturrilha direita. Esta seria sua volta à equipe canarinho depois da eliminação para a Holanda nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010.

Os gols
Aoss 22 minutos do primeiro tempo, Di María levantou bola na área e Cristiano Ronaldo cabeceou para inaugurar o marcador. O Osasuna surpreendeu os torcedores de branco no Santiago Bernabéu ao empatar oito minutos depois. Os visitantes cobraram falta rápido na entrada da área, Ibrahima se aproximou de Casillas e chutou na saída do goleiro rival.

Mas o Real reestabeleceu a ordem normal da partida ao marcar mais duas vezes antes do intervalo: aos 33, novamente de cabeça e novamente após cruzamento de Di María, com Pepe e aos 39, em belo gol de Higuaín. O argentino driblou o marcador dentro da área e acertou o ângulo. A assistência novamente foi dele, Di María.

Cristiano Ronaldo, em pênalti que ainda cavou a expulsão de Satrústegui, ampliou aos nove do segundo tempo. Logo na sequência, o português fez o terceiro. Arbeloa cruzou da direita para o atacante escorar de cabeça.

Aos 17, Coentrão fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Benzema. O francês dominou na coxa e bateu com tranquilidade, estufando a rede. No final do jogo, Benzema fez o sétimo no show merengue. Arbeloa roubou bola no campo de ataque e rolou para o atacante chutar forte.
Anexos
A0A54487CFA6A37211172D5DBDC890.jpg
..
A0A54487CFA6A37211172D5DBDC890.jpg (45.73 KiB) Visto 110 vezes
 
EU VI ESSE JOGO REALMENTE REAL MADRI BRINCOU NA PARTIDA
 
Prefiro o Cristiano Ronaldo que o Messi :x