•  
     

Ronaldinho não aparece e desfalca Flamengo no Piauí

RIO - O meia-atacante Ronaldinho Gaúcho não apareceu, no início da noite desta quarta-feira, no embarque da delegação do Flamengo que vai disputar amistoso com a seleção do Piauí, nesta quinta, em Teresina. Ele está em Porto Alegre para acompanhar a mãe, dona Miguelina, que se recupera de uma cirurgia. Por isso, não treina no clube desde a semana passada - foi liberado das atividades na segunda e na terça-feira. Mas era esperado para o compromisso contra os piauienses.
Na manhã desta quarta-feira, quando Ronaldinho Gaúcho não foi novamente treinar, o diretor de futebol do Flamengo, Zinho, revelou que dera liberdade para o jogador definir sua participação no amistoso em Teresina. Mesmo assim, havia a expectativa pela presença do astro. A ausência dele pelo terceiro dia consecutivo alimenta os rumores de um rompimento iminente de seu contrato - o clube lhe deve cerca de R$ 5 milhões em salários e direitos de imagem atrasados.

"A direção do Flamengo torce pela recuperação completa da mãe do Ronaldo. Espero que o motivo de ele não ter chegado não seja um agravamento do caso dela", disse Zinho, antes do embarque da delegação flamenguista para o Piauí. "Se ele realmente não chegar, aí é outra situação, que na volta a gente vai parar e ver quais serão as medidas. Eu tentei contato com ele durante o dia, mas não consegui."

Enquanto luta para contornar os problemas com Ronaldinho Gaúcho, a diretoria do Flamengo tenta antecipar a liberação do volante Cáceres, do Libertad, para que ele possa se apresentar imediatamente ao clube para a disputa do Brasileirão. O jogador tem contrato com o time paraguaio até o fim de julho, mas, até lá, a janela de transferências internacionais estará fechada.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/espo ... 0122,0.htm