•  
     

Ronaldinho marca e Fla avança na Copa do Brasil ao bater o Murici-AL

MACEIÓ - A torcida que lotou o estádio Rei Pelé na noite desta quarta-feira, em Maceió, para ver o Flamengo e Ronaldinho Gaúcho voltou para casa mais do que satisfeita. O craque fez seu segundo gol pelo clube rubro-negro e liderou a equipe na vitória por 3 a 0 sobre o Murici, pela Copa do Brasil, eliminando a necessidade do jogo de volta no Rio.

Imagem

Já classificado para a segunda fase da competição nacional, o Flamengo pode agora se concentrar restritamente nas finais da Taça Guanabara, pela qual tem compromisso no domingo, contra o Botafogo.

O jogo. Foi uma primeira etapa de escassas chances de gol no Rei Pelé. Os cariocas pressionavam pouco o adversário e permitiam aos donos da casa tocar a bola sem serem excessivamente incomodados. Com isso, o Murici foi gostando da partida e mostrou que é uma equipe minimamente organizada, que sabe tocar a bola quando necessário.

Eventualmente, o Flamengo dava mostras do seu talento individual. Leo Moura, Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves buscavam com intensidade as tabelas, mas faltava o último passe.

Foi um único passe preciso nos 45 minutos iniciais, mas o lance terminou com uma bola na trave. Ronaldinho Gaúcho lançou Thiago Neves, que fez ótimo cruzamento para Deivid. O atacante tirou muito do goleiro Dias perdeu boa chance. Poucos minutos depois, aos 28, Alexsandro obrigou Felipe a boa defesa depois de forte chute cruzado.

"Eles estão todos atrás da linha da bola e estamos encontrando dificuldades para criar esse último passe", diagnosticou Ronaldinho, à saída de campo para o intervalo.

O segundo tempo seguia o mesmo roteiro quando Vanderlei Luxemburgo lançou mão de Fierro e Egídio. O time melhorou e chegou à vitória. Leonardo Moura foi à linha de fundo e cruzou na medida para Ronaldinho escorar de cabeça e abrir o placar. O meia comemorou muito e pediu a presença de toda a equipe na celebração, aos 21 minutos.

Mesmo sem jogar uma partida brilhante, o time do Rio chegou à vantagem necessária para evitar a segunda partida. Renato cobrou falta com força e Dias falhou: 2 a 0, aos 27 minutos. No fim, Ronaldinho tabelou com Thiago Neves, que deu bom passe para Negueba. O jovem atacante tocou na saída do goleiro e fez o terceiro, aos 45.

MURICI - 0 - Dias; Alex (Jôse), Nado, Sinval e Paulinho; Serginho, Gueba, Bilú e Everlan; Gustavo (Edvaldo) e Alexsandro (Franco). Técnico - Gilmar Batista.

FLAMENGO - 3 - Felipe; Leonardo Moura, David, Welinton (Egídio) e Ronaldo Angelim; Willians, Maldonado (Fierro), Renato, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho; Deivid (Negueba). Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

Gols - Ronaldinho Gaúcho, aos 21, Renato, aos 27, e Negueba, aos 45 minutos do segundo tempo. Árbitro - Jailson Freitas (BA). Cartões amarelos - Edvaldo e Egídio. Renda - R$ 662.550,00. Público - 15.100 pagantes (16.693 presentes). Local - Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Fonte: Estadao