•  
     

Ricardo Oliveira faz três e São Paulo vence Prudente

Tricolor tem grande atuação e embala no Brasileirão. Prudente briga muito, mas segue na lanterna

tricolor.jpg
Sampa já pensa em encostar nos líderes
tricolor.jpg (34.88 KiB) Visto 40 vezes


Em dia inspirado do atacante Ricardo Oliveira, o São Paulo venceu o Grêmio Prudente por 3 a 2, no interior paulista. Com três gols do camisa 99, o Tricolor não teve muitas dificuldades e afundou ainda mais na crise o lanterna do Campeonato Brasileiro. Com isso, o time tem 100% de aproveitamento sob o comando de Paulo César Carpegiani (dois jogos, duas vitórias).

Depois de vencer e convencer diante do Vitória, no meio de semana, o São Paulo foi a campo animado e cheio de confiança. Na frente, as esperanças de gols ficaram ainda maiores, já que Ricardo Oliveira retornava de suspensão e formava o quarteto ofensivo com Lucas, Marlos e Fernandinho. Já o Prudente, lanterna da competição, contava com os gols de Wesley para sair da situação desesperadora que se encontra. O atacante fez dois na última vitória da equipe por 4 a 2 contra o Guarani.

O jogo

A partida em Presidente Prudente começou agitada. Tentando usar os lados do campo, o São Paulo começou melhor e não demorou para abrir a contagem. Logo aos sete minutos, o Tricolor marcou de falta. Rogério Ceni? Não, desta vez quem foi para a cobrança foi Ricardo Oliveira. Do meio da rua, o atacante bateu no ângulo direito dos donos da casa. Golaço!

Na frente no placar os visitantes passaram a se arriscar apenas nos contra-ataques. O Prudente tentava uma reação, mas pecava muito no último passe. Quando a partida estava sem emoção, eis que veio uma dose de adrenalina. E que dose! Aos 32, Adriano Pimenta limpou a zaga e bateu da entrada da área. Rogério deu rebote nos pés de Wesley. O camisa 11 apenas empurrou para as redes, empatando para o Prudente.

Pior que nem deu tempo para a Abelha comemorar. Um minuto depois, o Sampa tratou de voltar à frente do placar. Lucas deu passe primoroso para Ricardo Oliveira. Cara a cara com o goleiro, o camisa 99 não desperdiçou e tocou na saída de Giovanni.

Na segunda etapa, o Prudente esboçou uma pressão nos primeiros minutos. Em duas bolas batidas de fora da área, os donos da casa levaram perigo ao gol de Rogério Ceni. Tentando atacar, os mandantes deram espaço na defesa. Aos seis minutos, Ricardo Oliveira teve a chance de fazer seu terceiro. Na cara do gol, o atacante chutou por cima.

Aos 13, Ricardo Oliveira teve outra chance e anotou o seu terceiro no jogo. Após linda jogada de Lucas, a bola sobrou para o atacante que fuzilou o gol adversário.

Seis minutos depois, o Prudente teve a chance de diminuir com um pênalti muito mal marcado pelo árbitro. Na cobrança, Willian isolou a bola por cima do travessão.

Administrando a partida com a bola nos pés, o Sampa só veio assustar de novo aos 32. Depois de boa arrancada em contra-ataque de Lucas, Ricardo Oliveira cabeceou bem. O goleiro foi bem e evitou o quarto gol na partida do atacante. Apesar de insistir no ataque, os prudentinos sempre falhavam, ora finalização, ora no passe final.

Insistindo, o Prudente conseguiu diminuir aos 46. Wesley fez bela jogada individual e tocou na saída de Rogério. Apesar da tentativa de reação, não deu mais tempo para nada. Boa vitória do Tricolor, a segunda seguida no comando de Capergianni.

Na próxima rodada, o Tricolor Paulista terá um clássico pela frente. Receberá o Santos no Morumbi, no dia 17 de outubro. Já o Grêmio Prudente irá até o Barradão para enfrentar o Vitória, adversário direto na briga contra o rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO PRUDENTE 2 X 3 SÃO PAULO

Estádio: Prudentão, Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 9/10/2010 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra
Auxiliares: Dante Mesquita Júnior e Osny Antônio Silveira

Renda: Não Disponível / Público: 12.969 pagantes

Gols: Ricardo Oliveira, 7'/1ºT (0-1), Wesley, 32'/1ºT (1-1), Ricardo Oliveira, 33'/1ºT (1-2), Ricardo Oliveira, 13'/2ºT (1-3) e Wesley, 46'/2ºT)

Cartões Amarelos: Diego e Wanderley (Grêmio Prudente)

GRÊMIO PRUDENTE: Giovanni, Bruno Ribeiro (Wanderley, 15'/2ºT), Anderson Luis, Diego Giaretta e Marcelo Oliveira (Artur, 40'/1ºT); Anderson Pedra, Roberto, João Vitor e Adriano Pimenta; Wesley e Willian (Araújo, 30'/2ºT). Técnico: Fábio Giuntini.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Casemiro (Zé Vitor, 26'/2ºT), Rodrigo Souto, Lucas e Fernandinho (Carlinhos Paraíba, 11'/2ºT); Marlos (Fernandão, 11'/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Paulo César Carpegiani.





Fonte: Msn Esportes