•  
     

Renato: 'Eu estando ou não, Fla entra com força na Libertadores'

Apoiador que fez o gol que confirmou a classificação rubro-negra para o torneio de elite sul-americano aposta no sucesso do time em 2012.

O Flamengo já começou a desenhar o projeto Libertadores 2012. No entanto, o jogador que marcou o gol que confirmou a classificação rubro-negra na última rodada do Brasileiro não está garantido no barco. Renato Abreu ainda não acertou a renovação de seu contrato, mas aproveitou para fazer suas apostas: ele aponta o Flamengo como forte candidato ao título da competição. Com ou sem ele.

- Além de um grupo maravilhoso, o Flamengo tem um projeto. Quero continuar, mas estando lá ou não, o clube entra com força na Libertadores - afirmou.

Renato não entrou em detalhes sobre as negociações. Uma das pendências seria o tempo de contrato. Enquanto o clube acenou com a renovação por mais uma temporada apenas, os representantes de Renato querem um compromisso de três anos. Alheio às discussões, o camisa 11 espera passar o Natal já ciente do seu futuro.

- Tenho certeza de que o final será feliz - disse o apoiador.

Enquanto não sai a definição, Renato curte as férias ao lado da família. Neste fim de semana, esteve com os amigos durante o Desafio das Estrelas, em Mangaratiba. Tranquilo e sorridente, Renato deixou para trás a temporada em que conviveu com elogios e críticas na mesma proporção. Sem polemizar, ele afirma que o gol salvador diante do Vasco não foi uma resposta para ninguém.

- Quando a crítica vem de maneira profissional a gente leva numa boa. Mas tem gente que critica puxando pelo lado pessoal. Não concordo com isso, mas minha resposta sempre foi e sempre vai ser dentro de campo. É lá que eu resolvo as coisas - afirmou Renato, admitindo que foi um gol especial:

- A gente lutava pela Libertadores e o Vasco era o grande favorito já que estava brigando pelo título. Qualquer gol sobre o Vasco é especial, mas diante deste contexto foi ainda mais marcante. Vai ficar na memória de todos - finalizou.

Imagem

http://globoesporte.globo.com/futebol/t ... dores.html