•  
     

Pesquisa cria tecnologia que usa o som para ampliar a capacidade de HDs

Pesquisadores da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, estão desenvolvendo uma tecnologia que permite ampliar o armazenamento de dados em discos rígidos magnéticos através da utilização de pulsos sonoros. Basicamente, um sistema acústico foi acoplado aos HDs, aumentando consideravelmente a capacidade de guardar informações.
pesquisadores-criam-tecnologia-de-armazenamento-que-usa-o-som.jpg

De acordo com os cientistas, os HDs apresentam limitações de gravação e de confiabilidade das informações armazenadas em longos períodos, porque suas superfícies são duras demais. A ideia aplicar um pulso ultrassônico no momento da gravação, diretamente na área do disco onde o dado está sendo escrito.

Com esse pulso sonoro, o material torna-se flexível, sofrendo uma pequena deformação, graças ao calor gerado. De acordo com os cientistas, essa leve deformação permite que a superfície afetada armazene mais itens e tenha maior confiabilidade ao longo do tempo.

Há questões ainda não solucionadas no projeto, como o consumo de energia e os problemas com calor, que são um elemento altamente danoso em sistemas. Mas os pesquisadores estão confiantes de que a tecnologia pode ser refinada com o tempo.