•  
     

Pequim lamenta ataques das forças conjuntas contra a Líbia

PEQUIM - O Governo chinês lamentou neste domingo, 20, os ataques das forças militares conjuntas contra a Líbia, depois que o país asiático se absteve de votar junto com a Rússia em favor desta decisão no Conselho de Segurança (CS) da ONU, assinalou em comunicado publicado no site do Ministério de Relações Exteriores da China a porta-voz de turno, Jiang Yu.

Fonte: estadao
 
____ :D
 
lemao^ Escreveu:____ :D

____ msm vey,pense .