•  
     

O que ocasionou o fim dos Dinossauros?

Imagem

Fonte : Anderson , no qi300.com
 
Existem várias questões acerca da origem da vida, sobre os animais do passado e entre outros enigmas que sempre acompanhou o homem.

Os Dinossauros, que são animais pré-históricos, instigam vários ramos das ciências que tentam descobrir o que ocasionou o fim dos Dinossauros.

Foram muitos os direcionamentos, as teorias, as discussões, mas de forma conjunta os cientistas chegaram a uma conclusão depois de muito estudar as rochas do período mesozóico. Nesse período havia caído na terra um meteoro de grande proporção, com tamanho entre 6 e 14 km, colidindo com a Terra a uma velocidade aproximada de 72.000 Km/h, isso provocou a abertura de uma cratera de aproximadamente 200 km de diâmetro.

Após a colisão, restou um rasto de destruição na área atingida, sem contar que levantou uma camada de poeira que impediu a entrada de luz solar, alguns cientistas dizem que essa nuvem de poeira permaneceu por seis meses na atmosfera, é bom lembrar que o impacto foi tão forte que alterou o eixo da Terra.

A partir daí foram sucessivas perdas, primeiramente a terra entrou em um processo de resfriamento, como conseqüência as plantas não puderam realizar a fotossíntese, então os animais que dependiam das plantas para se alimentar (herbívoro) acabaram morrendo de fome, assim como seus predadores.

Essa é uma das teorias mais aceitas entre os cientistas, mas existem controvérsias, pois outro grupo acredita que foram as alterações climáticas, próprias das evoluções da Terra, que levaram o fim dos Dinossauros.


Mais acho mais faciu falar o " DILUVIO "
 
Os dinossauros eram grandes animais que habitaram o planeta há milhões de anos, segundo paleontólogos, o surgimento desses animais teria iniciado há, aproximadamente, 220 milhões de anos, dominando a Terra ao longo de toda a Era Mesozoica.

Havia dinossauros de diferentes tamanhos, mas a maioria era enorme e pesava toneladas, tinham uma dieta baseada em carne, frutos, plantas e insetos. Em razão do tamanho, encontravam dificuldades para se locomover.

Há, aproximadamente, 65 milhões de anos os dinossauros desapareceram da Terra, essa extinção sempre foi um dos mais intrigantes enigmas do planeta. Um grupo de cientistas começou a desvendar esse “quebra-cabeça” ao pesquisar rochas oriundas do fim do mesozoico, a partir dessa análise constaram que nesse período um enorme meteoro colidiu com a superfície terrestre. Segundo eles, esse meteoro possuía um tamanho que oscilava entre 6 e 14 km, atingindo a Terra a uma incrível velocidade de 72.000 km/h, dando origem a uma cratera de cerca de 200 km de diâmetro, que se encontra na Península de Yucatán, no Golfo do México (México).

Em virtude da colisão o planeta sofreu grandes catástrofes, a principal delas foi uma imensa nuvem de poeira que se ergueu até a atmosfera, impedindo a entrada da luz solar na superfície terrestre. A falta de luz gerou quedas repentinas na temperatura, além disso, as plantas morreram, fato provocado pela impossibilidade de execução do processo de fotossíntese. Os animais que dependiam dessas plantas para se alimentar morreram de fome e também de frio e comprometeram os animais que se alimentavam desses herbívoros, com esse acontecimento toda a cadeia alimentar foi comprometida e provocou um verdadeiro colapso ambiental. Essas informações dão alicerce para a principal teoria acerca do fim dos dinossauros, uma vez que essa é a mais aceita nos meios acadêmicos, mas não a única explicação para tal extinção.

Alguns cientistas acreditam que a extinção dos grandes répteis não aconteceu com a queda do meteoro, mas sim por mudanças gradativas do clima que sucedia naquele período. Outros afirmam que o causador do fim dos dinossauros não teria sido apenas um meteoro, mas a queda de inúmeros deles. Apesar de haver várias explicações, hipóteses e teorias, não é possível afirmar com precisão o que realmente provocou a extinção desses enormes animais da Terra.

Fonte : http://www.mundoeducacao.com.br/geograf ... sauros.htm