•  
     

No Fla, Adriano seguirá tratamento para reduzir colesterol e ácido úrico

Com excessos fora de campo, Imperador tomou medicação durante quase um ano para regular metabolismo e terá de seguir com elas agora no Fla


Imagem


Além da recuperação física para conseguir voltar a jogar depois das lesões no ombro direito e no tornozelo esquerdo, Adriano foi submetido no Corinthians a um processo para cuidar da saúde, prejudicada por excessos cometidos bem longe dos gramados. Em quase um ano no Timão, o Imperador fez um tratamento para regular os níveis de colesterol e ácido úrico, que se mostraram elevados desde sua chegada ao clube. Ele terá de seguir com o tratamento para jogar no Flamengo ou em qualquer outro clube.
No Corinthians, o jogador passou a ser medicado logo que chegou, em março do ano passado, depois de uma bateria de exames. Os testes detectaram que o centroavante precisava regular o metabolismo como primeiro passo para a recuperação. Por isso, foi receitado a ele doses do composto Zyloric (nome genérico: Alopurinol), indicado para a redução das taxas de ácido úrico no organismo.
A grande concentração do ácido no corpo pode ser causada por obesidade, diabetes, má alimentação, ingestão de álcool ou hipertensão arterial. Como consequência, a pessoa passa a ter risco de desenvolver gota, artrite úrica, insuficiência renal crônica e cálculo renal.
 
vao dar mamis farinha pra ele
 
WALLTLETICANO Escreveu:vao dar mamis farinha pra ele




kkkkkk concerteza