•  
     

Mumbai eleva alerta de terrorismo e busca quatro suspeitos

MUMBAI - A polícia da Índia busca quatro suspeitos que, segundo as autoridades, entraram em Mumbai para realizar atentados terroristas, informou um alto oficial nesta sexta-feira, 24.

As autoridades emitiram um alerta de terrorismo para a cidade, onde em 2008 um atentado deixou 166 pessoas mortas. Desde então, a polícia leva a sério a menor suspeita de que possa haver ataques. Nenhum atentado ocorreu desde então, e apesar do forte controle policial, a cidade registra movimento normal.

A polícia diz ter recebido informações críveis de que pelo menos quatro homens membros do grupo radical paquistanês Lashkar-e-Taiba entraram na cidade e estariam planejando ataques durante os feriados de fim de ano, de acordo com Himanshu Roy, comissário adjunto da polícia de Mumbai. A Índia culpa o Lashkar-e-Taiba pelos ataques de 2006.

"Os quatro homens estão planejando ataques violentos e querem causar destruição. Eles chegaram há pouco tempo em Mumbai. Nós estamos levando essa ameaça a sério", disse. As autoridades paquistanesas não comentaram o assunto. O comissário adjunto afirmou que os homens foram identificados, mas que a nacionalidade deles não é conhecida.

Em março, a polícia de Mumbai disse ter evitado um grande atentado depois de prender dois homens. Em setembro, o alerta de terrorismo foi elevado durante um festival hindu, quando dois homens estariam planejando ataques.

A Índia pede que o Paquistão tome mais ações para combater o terrorismo no país. O Lashkar-e-Taiba é considerado como terrorista pelo governo paquistanês, mas acredita-se que os militares e a agência de inteligência do país apoiam o grupo. Nova Délhi acusa Islamabad de cumplicidade com o terrorismo contra a Índia, mas o Paquistão nega e afirma que só dá apoio diplomático e político aos militantes.


Fonte: estadao
 
Vamo lá!!

Go Go Go !!
Chama os Gigns,SAS's,gsg3's etc...
E VAMO PRA AWP INDIA RAPA!!!
GO GO GO!!
NEED BACKUP(Eu acho que essa rabanada me deixou drogada)