•  
     

Marcelinho Niterói foi morto após atirar em helicóptero da polícia, diz secretaria!

A Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro informou na tarde desta quarta-feira (2) que o braço-direito de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, o traficante Marcelo da Silva Leandro, o Marcelinho Niterói, foi morto após atirar em um dos helicópteros da Polícia Civil que sobrevoava a favela Parque União, no Complexo da Maré, na zona norte, na noite da última terça-feira (1º).

Leia também: Complexo da Maré, agora ocupado pelo Bope, virou QG de Beira-Mar no Rio

De acordo com a pasta, um outro traficante também foi morto no confronto e dois ficaram feridos. Com os bandidos, foram apreendidas duas pistolas, drogas e dinheiro em espécie.

Niterói tinha uma carteira de identidade falsa com o nome de Luis dos Santos Vicente.

O homem de confiança de Beira-Mar ainda chegou a ser levado para o Hospital Geral de Bonsucesso, na zona norte, mas não resisitu aos ferimentos.

Leia também: Braço-direito de Beira-Mar é morto no Rio

A morte de Niterói ocorreu quatro dias após o iG revelar que ele havia transformado a favela Parque União em um entreposto de drogas e armas para a quadrilha de Beira-Mar, atualmente preso na penitenciária federal de Mossoró (RN).

A PF (Polícia Federal) montou uma operação na noite de ontem para capturar o bandido. O Bope (Batalhão de Operações Especiais da PM) e a Core (Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil) deram apoio. Dois helicópteros foram usados.

O corpo de Niterói permanece no IML (Instituto Médico Legal).
 
Interessante mais sem zoa nos poderia fazer tipo um Jornal JBB(jornal do server bb) rs
para todos ficarmos enformados dos acontecimentos UHAUAHU
 
Uma boa ideia kkk
eu ajudaria muito kkkkkkkkkkk
 
foi querer trocar tiro com policia se ferror