•  
     

Maior parte dos brasileiros só possui linhas móveis em casa

Imagem
Divulgados nesta sexta-feira (27), dados coletados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2012 (Pnad), do IBGE, mostram que o número de brasileiros que possuem somente linhas móveis já supera aqueles que também contam com uma linha fixa em seus domicílios. Dos 57,3 milhões de casas analisadas, 32,3 milhões usavam exclusivamente a telefonia móvel como forma de se comunicar.

Enquanto o número de linhas móveis sofreu um aumento de 2% em relação a 2012, aquelas com características fixas sofreram uma redução de 0,5% nos locais em que elas eram o único meio telefônico disponível — mesmo pequeno, o percentual corresponde a aproximadamente 300 mil linhas.

Segundo Maria Lúcia Vieira, gerente do Pnad, os dados se explicam em parte pelo aumento no número de jovens que decidem morar sozinhos, para os quais o uso do celular é muito mais comum do que a aposta em um ponto fixo. “Esse é um padrão que tende a aumentar”, afirma ela.

Outro fator que colabora para o crescimento são os planos cada vez mais agressivos oferecidos pelas operadoras, cujo foco na convergência de conteúdos também deve ser levado em conta. A pesquisa mostra que o mercado móvel cresceu com maior intensidade na região Norte (10%), na qual alcança 67,8% dos domicílios, seguida pela região Nordeste, que apresentou um aumento de 8,6% em suas linhas móveis.




Fonte: UOL Tecnologia, IBGE