•  
     

Lado direito do Corinthians vira problema para Tite

A falha de Alessandro no jogo contra o Vasco trouxe à tona um problema fora de hora para Tite: o lado direito.O Corinthians encara neste domingo, às 16h, o Atlético-MG pela segunda rodada do Brasileiro com praticamente todo o time principal. E dos 11 atletas considerados titulares, o lateral direito é o único que está longe de ser unanimidade.

Alessandro quase pôs a perder a vaga das semifinais da Libertadores ao sair jogando errado --Cássio salvou o chute de Diego Souza.Imagem
"Vou repetir o que disse o Alessandro: 'Quero agradecer ao Cássio e ao Paulinho, porque ia cair o mundo na minha cabeça'", contou Tite. Mesmo assim o lance foi a gota d´água para a torcida que, não é de hoje, pega no pé do jogador. Passada a euforia pela classificação, ficou a bronca com Alessandro.

Ele havia perdido a vaga ao se machucar. O volante Edenilson foi improvisado no setor, entrou bem e lhe tomou a titularidade, mas quebrou o pé na vitória contra o Emelec, pelas oitavas de final da Libertadores, e não voltará até o fim da competição.

De volta ao time, Alessandro, 33, tira o sono da torcida pela falta de ritmo e por falhas na marcação. E, já projetando as semifinais contra o Santos, cresce a preocupação quando se imagina Neymar voando pela lateral.

Não é de hoje que laterais do Corinthians dão frio na espinha aos torcedores. Basta lembrar de Coelho, que marcou gol contra o River Plate na eliminação de 2006. Ou da expulsão de Roger, contra o mesmo River, mas em 2003, no famoso lance em que Geninho gritou "pega" ao jogador, que deu um pontapé no adversário.

Também teve Wellington Saci, expulso em 2008 na derrota para o Sport, pela decisão da Copa do Brasil. Olhando para o atual elenco, Weldinho, 21, seria a primeira opção caso Tite quisesse mexer no time.

A pouca experiência no grupo, porém, pesa contra. Mas a idade não pesa: basta lembrar que Gino Peruzzi, lateral do Vélez Sarsfield de apenas 19 anos, foi bem na missão de marcar Neymar nas quartas de final.

Tite, por enquanto, não falou sobre o assunto --ganhou "folga" dos jornalistas na sexta-feira e não concedeu sua tradicional entrevista.

Como o time só volta a jogar pela Libertadores no próximo dia 13, Tite optou por escalar sua força máxima possível --vai poupar apenas três atletas, Emerson, Jorge Henrique e Paulinho. Chicão e Castán, dupla titular na zaga, começam jogando.

Na estreia, o Corinthians poupou dez titulares --só Cássio jogou-- e perdeu do Fluminense no Pacaembu. Atual campeão, o time prioriza a Libertadores, mas fala em não perder pontos no início da competição.

NA TV
Atlético-MG x Corinthians
16h - Band e Globo (para SP)