•  
     

Kaka de volta a seleção

O técnico Mano Menezes convocou nesta quinta-feira, no Rio, 23 jogadores para defender a seleção brasileira nos amistosos contra o Gabão, em 10 de novembro, em Libreville (capital do país rival), e contra o Egito, quatro dias depois, em Doha, no Catar. E a principal novidade da lista foi o retorno de Kaká, que não defende o time nacional desde a Copa do Mundo de 2010.

O meio-campista, que disputou os últimos três Mundiais pela seleção, acabou sendo premiado pelo bom momento que vive no Real Madrid neste início de temporada no futebol europeu. Na última quarta, inclusive, ele marcou um dos gols da sua equipe na vitória por 3 a 0 sobre o Villarreal, pelo Campeonato Espanhol.

Após o Mundial de 2010, Kaká foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo e só retornou aos gramados no início do ano. Porém, não conseguiu reeditar as suas melhores atuações no final da temporada passada na Europa. Porém, beneficiado pela boa pré-temporada que realizou, agora vem conseguindo recuperar a boa fase.

Nesta convocação, Mano optou por não convocar jogadores que atuam no País para não prejudicar os times que estão na reta final do Campeonato Brasileiro. Anteriormente, ele causou revolta de alguns dos principais clubes do Brasil por chamar nomes de destaque do futebol nacional para os amistosos contra Costa Rica e México, realizados no início deste mês. Desta forma, nomes como Neymar, do Santos, e Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo, não defenderão a seleção brasileira mais neste ano.

Entre os 23 convocados por Mano nesta quinta, os ex-corintianos Willian, atualmente no Shakhtar Donetsk, e Bruno César, do Benfica, ambos meio-campistas, apareceram como novidades na lista. O também meia Dudu, ex-Cruzeiro e atualmente no Dínamo de Kiev, e o lateral Alex Sandro, ex-Santos, contratado pelo Porto, são outras duas novas apostas do treinador da seleção.

Mano também voltou a descartar a convocação do zagueiro Lúcio, ex-capitão da seleção brasileira. Thiago Silva (Milan), David Luiz (Chelsea) e Luisão (Benfica) foram os nomes chamados para a defesa. O goleiro Júlio César, que se lesionou na última quarta-feira em jogo da Inter de Milão, também acabou ficando fora da lista de convocados, assim como o atacante Robinho, que vem atuando pelo Milan após se recuperar de lesão.

Os confrontos diante de Gabão e Egito serão os últimos da seleção neste ano, que ficou marcado principalmente pelo fracasso na Copa América da Argentina, na qual o País foi eliminado pelo Paraguai, nos pênaltis, nas quartas de final, e ainda amargou derrotas para rivais de peso em amistosos, contra Alemanha (3 a 2) e França (1 a 0).

Confira a lista de 23 jogadores convocados por Mano Menezes:

Goleiros - Neto (Fiorentina) e Diego Alves (Valencia).

Laterais - Alex Sandro (Porto), Marcelo (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona), Adriano (Barcelona) e Fábio (Manchester United).

Zagueiros - Thiago Silva (Milan), David Luiz (Chelsea) e Luisão (Benfica).

Volantes - Lucas Leiva (Liverpool), Luiz Gustavo (Bayern de Munique), Sandro (Tottenham), Fernandinho (Shakhtar Donetsk) e Elias (Atlético de Madrid).

Meio-campistas - Bruno César (Benfica), Hernanes (Lazio), Kaká (Real Madrid), Willian (Shakhtar Donetsk) e Dudu (Dínamo de Kiev).

Atacantes - Hulk (Porto), Jonas (Valencia) e Kléber (Porto).
 
seleção numka ira da serto desse geito cada JOGO tds os jogares mudao q isso --'

tem q arruma um time so krl mano

n cada jogo um time diferente
 
Fonte :icon_lol: :icon_lol: :icon_lol: :icon_lol: :icon_lol: :icon_lol: :icon_lol:

  •