•  
     

Japão pede ajuda de agência da ONU para controlar crise nuclear

O chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, uma agência da ONU), Yuki Amano, disse nesta segunda-feira (14) que o governo do Japão pediu ajuda a seus especialistas para lidar com a crise nuclear que aflige o país desde o terremoto e tsunami de sexta feira.
Amano, que é japonês, disse que o tremor e o maremoto abalaram e inundaram usinas nucleares, mas que os reatores permaneceram intactos e que o vazamento de radiação foi limitado.
"As autoridades japonesas estão trabalhando o máximo que podem, sob circunstâncias extremamente difíceis, para estabilizar as usinas nucleares e garantir a segurança', disse Amano em comunicado aos membros da agência.

Imagem
 
po ta ____ la ne hard ? :/
 
claro mo tragico mo triste