•  
     

Isso nao exsite ?

http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2010/05/nao-existe-isso-de-voce-proibir-um-filho-de-fazer-alguma-coisa-afirma-psicologa.html

Mãe e filho têm relação mágica, definitiva. Quantos sustos elas não levam com as escolhas dos filhos?
“Não dá para você impedir. Não existe isso de você proibir um filho de fazer alguma coisa. Você pode proibir até certa idade e, depois, acontece que a pessoa faz aquilo que ela realmente quer fazer como profissão. Então, a mãe tem que se acostumar com essa ideia e ela fica muito feliz de ver o filho realizado e muito apreensiva em ver que esse filho está fazendo alguma coisa muito perigosa”, explica a doutora em psicologia Elisa Maria Parahyba Campos, da USP.
Não adianta. É um susto atrás do outro. Dona Mail mergulhou na adrenalina de um esporte radical só para experimentar o gostinho da vida que o filho escolheu.
Olhos no céu, e mãos no terço. A mãe busca o apoio divino para o garoto que ainda vive nas nuvens. “Como eu rezo para o Gil Eduardo, eu rezo para todos os colegas dele, os companheiros, os anjos da guarda. A minha família cresceu muito”, afirma a aposentada Maria Olinda Lima d Silva.
Gravidez de tia? Quando as meninas chegaram, foi uma festa na família, alegria em dose tripla para a mãe que não podia engravidar. “A hora do parto foi uma coisa muito emocionante. Eu estava ali, mas na posição de olhar a gravidez de alguém, eu não estava lá parindo. Mas eu fiquei ali muito apreensiva. E ver todas as meninas nascendo com o chorinho fraquinho, eram prematuras, foi muito emocionante”, lembra a professora Luciana Ferrari de Oliveira.

Maria Luiza diz quais são os principais valores de uma mãe
Ser mãe é atravessar uma estrada de muitos desafios, navegar em um mar de incertezas, uma parceria que não termina nem depois da morte, como a de Dona Maria Luiza e Alcides, a ex-catadora de lixo que levou o filho à universidade.
Enquanto tenta superar a dor da perda, ela nos ensina.

Globo Repórter: Quais são os principais valores que uma mãe deve passar para os filhos?
Maria Luiza do Nascimento: Olhar para os filhos, saber o que ele está fazendo, perguntar quais são os problemas dele, qual é o objetivo dele, o que ele quer ser. Uma mãe para poder ser mãe tem que conhecer seu filho, como eu conheci Alcides. Tem que acompanhar cada passo de seu filho. E, quando ela vê alguma coisa errada de seu filho, chame ele, converse com ele e diga para ele: ‘você é meu fruto, não me decepcione, por favor’. Você deve dizer a ele que não entre nessa vida de droga, que essa vida de droga não leva vantagem em nada. O futuro de um filho que a mãe quer é ver ele em uma sala de aula para ser alguma coisa na vida.
Para Dona Maria Luíza, mãe guerreira, fica a nossa homenagem. Que ela continue acreditando no amor que ensinou aos filhos e incentivando a família que virou exemplo de superação.


HSUAHS MAE LOCA MAN !
 
Eu vou mostrar isso pro minha mãe
ASIJSAIOSAOJIJSOISOIJS
 
kkk '
 
louca? porque ?
 
tem crianças que se empolgam com esse tipo de noticia!!
 
deixar o filho escolher a vida profissional?