•  
     

Homem acorda durante autópsia na Venezuela

Um venezuelano que foi declarado morto acordou no necrotério com grande dor após médicos legistas terem começado a autópsia.
Carlos Camejo, de 33 anos, foi declarado morto após um acidente em uma rodovia e levado ao necrotério, onde os examinadores começaram uma autópsia e perceberam que algo estava errado quando ele começou a sangrar.
Eles rapidamente tentaram costurar a incisão no rosto do homem.
“Eu acordei porque a dor era insuportável”, disse Camejo, segundo reportagem de sexta-feira no jornal local El Universal.
A mulher de Camejo foi ao necrotério para identificar seu marido e o viu andando em um corredor.
A Reuters não conseguiu contatar imediatamente os responsáveis do hospital para confirmar o ocorrido. Mas Camejo mostrou ao jornal sua cicatriz facial e um documento do necrotério.

Creditos : http://blogmais.wordpress.com/2007/09/1 ... venezuela/