•  
     

Google lança projeto de preservação de línguas em risco

A Google lançou um projeto que tem por objetivo dar a conhecer os esforços de quem tenta preservar línguas em risco. O mirandês é um dos casos abordados.

Imagem

A empresa responsável pelo mais utilizado motor de busca do planeta lançou, esta quinta-feira, um website com informação sobre línguas em risco. No mesmo, é possível consultar dados atualizados de muitas das línguas que têm vindo a desaparecer um pouco por todo o mundo, bem como partilhar novas informações, numa espécie de nova base de dados, que documenta mais de 7 mil línguas. Em comunicado publicado no blogue da Google, a empresa garante que o projeto "Línguas em Risco" é "um importante passo na preservação da diversidade cultural, do conhecimento dos nossos antepassados e na transmissão do conhecimento aos mais jovens".

Muitas têm sido as iniciativas a nível local para fazer perdurar no tempo algumas das línguas menos faladas mas, segundo a Google, a tecnologia vem dar um grande contributo nessa preservação. "A tecnologia pode reforçar estes esforços ao ajudar as pessoas a criarem registos de elevada qualidade dos seus antepassados, ligando as comunidades da diáspora através de media sociais e facilitando a aprendizagem da língua". O projeto é suportado pela Alliance for Linguistic Diversity e pode ser acedido por qualquer pessoas para pesquisas e investigações. Pretende-se que o mesmo seja alimentado pelos contributos dos visitantes, sob a orientação de um conjunto de colaboradores.


"A Google teve um papel no desenvolvimento e lançamento deste projecto mas o objectivo a longo prazo é que os verdadeiros especialistas na preservação linguística assumam a liderança", garante a empresa, explicando que, daqui a "poucos meses", o projeto passará a ser pertença do First People's Cultural Council e do Institute for Language Information and Technology, da Universidade de Eastern Michigan.

O mirandês já tem um espaço próprio no website, mas ainda não se encontra completo. Para já, o conteúdo multimédia disponibilizado sobre esta língua portuguesa resume-se a um vídeo, mas espera-se que a página venha a ser alimentada com mais informação. O link direto para o espaço de Miranda do Douro pode ser encontrado aqui.