•  
     

Geforce GTX 680 chega em fevereiro e tem especificações reveladas

Ao que tudo indica, a nova geração de placas gráficas da Nvidia deve ganhar um reforço de peso em fevereiro. Trata-se da chegada da GTX 680, que usará o chip principal da linha Kepler, manufaturado na arquitetura de 28 nm, e com fôlego para competir com os chips Tahiti da AMD, também de 28 nm e que já estão no mercado desde o final de dezembro.


Imagem


Até então, a previsão de lançamento da linha Kepler apontava para março, na melhor das hipóteses. A antecipação para o lançamento coloca sob dúvida a possibilidade de que os fabricantes, alinhados com a Nvidia, tenham tempo suficiente de formar um estoque para vencer a demanda de mercado na época do lançamento.
Os modelos da geração 600 da Nvidia disponíveis atualmente usam ainda as soluções de 32 nm da arquitetura Fermi. As Kepler são destinadas aos modelos com mais desempenho dessa geração.
Em todo caso, com ou sem estoques, a GTX 680 deve chegar com clock de 780 MHz, que é o mesmo de sua antecessora direta, a 580, ainda fruto da arquitetura Fermi. A GPU será acompanhada de 2 GB de RAM GDDR5.

Estima-se que o barramento da placa ofereça duas opções aos fabricantes: 256 e 512 bits. A possibilidade de um número intermediário, 384 bits, é vista como bastante remota. Ainda não há, no entanto, previsão de preços
 
eita coisa chata sauhdasudas