•  
     

Funcionários criticam expropriação de empresa na Venezuela

Um grupo de trabalhadores da sucursal da fabricante de embalagens de vidro americana Owens Illinois na Venezuela anunciaram um "protesto permanente" em repúdio à expropriação da empresa, anunciada pelo presidente Hugo Chávez.
Os 1,2 mil funcionários da fábrica da Owens Illinois em Los Guayos, no estado de Carabobo (norte), se reuniram ao redor das instalações com uma faixa com a frase "Não à expropiação".
O representante sindical Rigoberto Méndez afirmou que os funcionários têm um bom contrato coletivo, que pretendem defender.
Chávez acusou a Owens Illinois de cometer danos ambientais e explorar os trabalhadores.
Segundo a imprensa venezuelana, soldados do Exército venezuelano estavam presentes nas fábricas dos estados de Carabobo e Trujillo (oeste).
Os empresários da Fedecámaras criticaram a medida e afirmaram que o governo deseja destruir a iniciativa privada.
A Owens Illinois, presente há 52 anos na Venezuela, fabrica embalagens de vidro, garrafas de bebidas e recipientes para alimentos.

Font: http://noticias.terra.com.br