•  
     

Excesso de Coca-Cola pode ter causado morte

Imagem

Uma mulher de 30 anos morreu repentinamente em Invercargill (Nova Zelândia) depois de tomar, diariamente, até oito litros de Coca-Cola durante oito anos, de acordo com o marido. Ele contou que Natasha Marie Harris, que tinha oito filhos, era viciada no refrigerante, consumido de dia, à tarde e à noite.

Christopher Hodgkinson diz que o vício na bebida a levou a esposa à morte, noticiou o "Southland Times". Ele relatou que a mulher estava doente havia um ano antes do dia fatal, mas acrescentou não ter associado o estado dela ao consumo de Coca-Cola.

"Jamais pensei na Coca. Nunca considerei que ela faria mal a uma pessoa", declarou.

Segundo o jornal, a autópsia de Natasha indicou problema grave no fígado, mas a causa da morte não foi estabelecida. Christopher insiste ter sido informado que a esposa sofrera um aneurisma por causa do consumo excessivo de refrigerante - pelo menos 4,5 litros diários.

George Adams, diretor da Coca-Cola na Nova Zelândia, disse que as alegações de Christopher são "claramente falsas".


Fonte
 
tomar, diariamente, até oito litros de Coca-Cola durante oito anos, de acordo com o marido. Ele contou que Natasha Marie Harris, que tinha oito filhos,


ta di sacanagi,parei de ler aqui!
 
Coca-Cola ta matando mais do que aids kk