•  
     

Estrelas da Audi em Xangai, A3 e S3 sedã chegam ao Brasil em 2014

Modelo disputará jovens consumidores com o rival Mercedes-Benz CLA.
Versão esportiva tem motor 2.0 TFSI de 300 cv; porta-malas leva 425 litros.


Imagem

Grande atração da Audi no Salão de Xangai, o A3 sedã teve sua comercialização no mercado brasileiro confirmada nesta quinta-feira (25). O modelo, que passa a ser o três volumes de entrada da marca alemã, desembarca por aqui no "começo do ano", segundo a empresa; em "meados de 2014" chega a variante esportiva, planeja a Audi.
Principal – e por enquanto único – rival do Mercedes-Benz CLA, lançamento mundial da marca alemã, o A3 sedã tem 4,46 m de comprimento, 2,40 m de entre-eixos, 1,80 m de largura e 1,42 m de altura. Em relação ao concorrente, o Audi é 17 cm menor e 1,9 cm mais largo e baixo. No entre-eixos, o Mercedes leva vantagem de 6,3 cm. Quanto ao porta-malas, o A3 sedã leva 425 litros, contra 380 do A3 Sportback, do qual deriva.
As motorizações aplicadas no A3 Sportback são repetidas no A3 sedã: 1.4 TFSI de 140 cv, 1.8 TFSI de 180 cv (ambos a gasolina) e 2.0 turbodiesel de 150 cv. Já o esportivo S3 é equipado com um bloco 2.0 TFSI de 300 cv. Câmbios manual (seis marchas) e S-Tronic de dupla embreagem são as ofertas na gama A3/S3 sedã.
Assim como a Mercedes com o CLA, a Audi busca os jovens com o A3 sedã – mesmo aqueles com filhos (desde que pequenos). A marca alemã prevê que os maiores mercados para o lançamento serão o chinês e o norte-americano. Já na Europa, Rússia, Alemanha e Reino Unido concentrarão as vendas.


Imagem