•  
     

Empolgado com São Paulo, Taison pede que dirigentes procurem Metalist

Entre os nomes que o São Paulo procura para substituir Dagoberto, surgem rumores sobre Taison, ex-atacante do Internacional que está no Metalist, da Ucrânia. A chance anima tanto o jogador que ele pede uma viagem de dirigentes ao leste europeu para acertar o negócio.
» Confira 50 opções de reforços grátis para seu time em 2012
» Confira como está o mercado da bola no Brasil para 2012
"Estou há um ano e meio fora do País. Já bateu a saudade. Vim sozinho para a Ucrânia, sinto falta da minha filha, de toda a minha família", comentou o atleta à rádio Globo, até se imaginando com a camisa tricolor.
"É um grande clube, com o Luís Fabiano, que acabou de voltar a jogar, e o Lucas, que é um grande jogador".
O problema para o acerto do negócio, entretanto, é a diretoria do Metalist. O próprio Taison admite que, como é comum nas tratativas com clubes ucranianos, a tendência é que haja dificuldade nas conversas. Por isso, a necessidade de uma viagem para demonstrar interesse.
"Tenho mais três anos de contrato. Se alguém me quiser, precisará vir aqui para negociar. E não é fácil negociar com o pessoal daqui", falou o atacante, que até se propõe a renovar por mais um ano para passar uma temporada no Brasil. "Por que não toparia? Com uma boa conversa, tudo pode dar certo".
Oficialmente, a diretoria do São Paulo nega interesse não só em Taison, mas em qualquer possível reforço para a temporada. Contudo, o vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes está na Europa e alega que pode iniciar negociações com alguma possível contratação - Nilmar e Amauri também são cogitados.
Disposto a retornar ao futebol brasileiro, Taison avisa que pode ajudar já no próximo mês, quando terá folga no clube ucraniano. "Volto ao Brasil em dezembro, nas férias, e posso resolver isso", voluntariou-se.
A procura por um atacante ocorre no Sâo Paulo porque Dagoberto já confirmou que não renovará o contrato que acabará em abril. De acordo com o técnico Emerson Leão, ele tem tudo acertado para defender o Inter assim que sair do Morumbi e existe a chance de o artilheiro do São Paulo na temporada tentar ser liberado em dezembro para se apresentar ao clube gaúcho em janeiro.
Fonte:Terra.com.br