•  
     

Dona encontra cão desaparecido por quase 40 dias através de rede social

Cão desapareceu em Goiânia e estudante postou a notícia no Facebook.
Segundo ela, post do sumiço foi compartilhado mais de 500 vezes.


Imagem

Depois de 37 dias de busca, a estudante Rossana Coutinho, uma das donas de um cachorro vira-lata, conseguiu encontrar o animal graças à ajuda da rede social Facebook. Fred tem três anos e sumiu no começo do mês de abril deste ano, no Setor Coimbra, em Goiânia. Ele foi achado no dia 13 de maio, Dia das Mães. Durante esse período, a estudante fez vários apelos aos amigos da rede social e divulgou cartazes nas ruas da capital com imagens do cãozinho.
“Minha primeira providência foi postar no meu Facebook a notícia que ele havia desaparecido. Passava o dia inteiro postando e pedindo para meus amigos compartilharem a foto dele. Os compartilhamentos passaram de 500. Ainda foi criado um evento no Facebook, chamado “Onde está o Fred?”, com mais de 10 mil pessoas adicionadas. Esse evento foi criado por um amigo e tinha com pessoas que nunca vi na vida e que todo dia me davam apoio pela busca”, lembra Rossana Coutinho.

Sumiço
Fred, que mora com a estudante e sua mãe no Setor Marista, em Goiânia, sumiu quando a foi morar na casa de parentes durante uma reforma. “Para fazermos obra, precisávamos sair de casa e ir para outro lugar. Como eu e minha mãe ficamos em uma tia, preferimos deixar o Fred na casa do meu pai, que mora no Jardim América”, explica Rossana.

O animal desapareceu no fim de semana, mas as donas só foram informadas na segunda-feira pela manhã. “Chorei muito e fiquei com a cara inchada de tanto chorar. Mal conseguia raciocinar, minha mãe chorava muito também, afinal, o Fred é a companhia dela quando eu e minha irmã não estamos em casa”, conta Rossana.
Enquanto procurava por Fred, a família recebeu aproximadamente cinco alarmes falsos. “Ia com esperança e na expectativa de que fosse ele, mas quando chegava e via que não tinha nada a ver com ele, eu até chorava”.

Imagem

assados alguns dias do sumiço de Fred, a família teve notícias por meio de uma amiga que viu o animal andando em um setor nobre da capital. “No mesmo dia em que soube disso, intensifiquei minha busca na região. Descobri que realmente era o Fred e que ele teria até tentado entrar na cozinha de um bar”, relata Rossana.