•  
     

Doenças Transmitidas por Carrapatos

Carrapatos são parasitas capazes de infestar as mais diferentes espécies de animais: répteis, anfíbios e mamíferos; inclusive os cães, gatos e seres humanos. São de grande importância médico-veterinária, pois além de causar desconforto como irritação e coceira, podem transmitir várias doenças.

Com o passar dos anos, o desenvolvimento de novos meios de diagnóstico permitiram identificar inúmeras doenças transmitidas pelos carrapatos não apenas aos animais domésticos e selvagens, mas também aos seres humanos. Desde então, a importância da adoção de medidas preventivas (profiláticas) contra a infestação por carrapatos tem aumentado em todo o mundo.

Ciclo do Carrapato

O carrapato não precisa permanecer sobre o hospedeiro durante toda sua vida, indo frequentemente ao solo para sofrer mudanças de faseou fazera postura dos ovos. As fêmeas, depois de fecundadas e ingurgitadas (cheias de sangue) desprendem-se do hospedeiro e caem no solo para colocar seus ovos.

Após a eclosão dos ovos no meio ambiente surgem as larvas do carrapato, as quais sobem pelas gramíneas e arbustos na busca de um novo hospedeiro. Este ciclo de desenvolvimento pode variar de acordo com cada espécie de carrapato, mas em geral leva de 15 a 21 dias, havendo a passagem do carrapato pelas fases de larva, ninfa e adulto.

Quando se trata de controle de carrapatos, a diminuição da infestação do ambiente é primordial. Deste modo, a utilização de produtos específicos no ambiente (acaricidas), ou ainda, a realização da poda da vegetação e retirada de lixo é fundamental para eliminar os focos do parasita nos quintais e áreas livres por onde os animais circulam.

Doenças

A perda de sangue é uma questão importante quando se trata das infestações por carrapatos. As fêmeasde algumas especies consomem mais de 8 mL de sangue. Em alguns casos, as infestações por carrapatos atingem tal magnitude que os animais morrem por causa da perda de sangue ou por tornarem-sesusceptíveis a outras doenças devido ao estado debilitado.

Os carraptos podem transmitir várias doenças tanto aos animais quanto aos seres humanos, podendo causar doenças graves e muitas vezes fatais. Dentre as mais comuns pode-se citar: babesiose canina, erliquiose, doença de lyme e a febre maculosa.