•  
     

Dentinho diz que vale "mala branca" e confia em vitória do Palmeiras sobre o Flu

Provável substituto de Ronaldo no Corinthians na partida contra o Vasco no final de semana, o atacante Dentinho afirmou nesta quarta-feira que mantém o otimismo na conquista do Campeonato Brasileiro por parte do Corinthians. Para isso, o jovem jogador disse acreditar em uma força do arquirrival Palmeiras na próxima rodada.

O Palmeiras recebe em Barueri o Fluminense, líder do campeonato e principal favorito ao título, de acordo com as previsões matemáticas. O Corinthians joga em São Paulo pela vitória e sonhando com um tropeço dos cariocas para tentar reaver a liderança do Brasileiro antes da última rodada.

Para Dentinho, nem a expectativa da escalação de um time reserva do Palmeiras tira a esperança de um escorregão do Fluminense. O time de Luiz Felipe Scolari deve poupar seus titulares caso consiga a classificação para a final da Copa Sul-Americana.

"Se eu fosse reserva queria mostrar, dar meu máximo para poder ficar no ano que vem, então acredito bastante [na vitória do Palmeiras]. É secar agora, o momento é fazer nossa parte e torcer para os outros”, afirmou o corintiano.

Dentinho também falou sobre a possibilidade do aparecimento nas rodadas decisivas da popular "mala branca", jargão conhecido no meio do futebol para descrever incentivos financeiros de uma equipe a outra, como uma motivação extra por vitória.

“Se for para incentivar o Palmeiras e o Guarani (adversário do Flu na 38ª rodada) a ganhar acho que é bom sim, agora se for para perder não acho não. Mas primeiro temos que fazer a nossa parte e torcer contra o Fluminense. De qualquer jeito não podemos mais vacilar”, disse o atacante.

Após 36 rodadas, o Fluminense lidera o Campeonato Brasileiro com 65 pontos, apenas um a mais em relação ao Corinthians e dois a frente do Cruzeiro, o terceiro colocado. A equipe carioca tem chances matemáticas de assegurar o título já neste final de semana, caso vença o Palmeiras e seus adversários diretos tropecem (derrota corintiana e, pelo menos, empate do Cruzeiro).

uol