•  
     

Com LeBron no sacrifício e erro de Westbrook, Heat vence e fica a uma vitória do título

Imagem
Russel Westbrook anotou 43 pontos, mas cometeu erro determinante no fim do jogo
O Miami Heat ficou a uma vitória de conquistar seu segundo título na NBA, ao vencer o Thunder por 104 a 98, na Flórida, e abrir 3 a 1 na série. LeBron James foi o cestinha pelo lado dos anfitriões, enquanto Russel Westbrook respondeu às críticas e foi o maior pontuador do Thunder. O armador, entretanto, foi responsável por um erro grave que decidiu o jogo no minuto final da partida.

Outro destaque do Heat foi o armador Mario Chalmers, que anotou 19 pontos apenas no segundo tempo e foi determinante para a vitória. Resta ao Thunder agora vencer todos os jogos para virar a série, algo que nenhum time foi capaz de fazer na história das finais da NBA.

O Oklahoma City Thunder causou uma ótima impressão nos primeiros minutos do jogo, especialmente com o contestado armador Russel Westbrook, que acelerava o jogo e agredia a cesta rival. Completamente dominados pelos visitantes, o Miami Heat teve dificuldades para anotar pontos, aproveitando apenas 34% dos arremessos.

O quadro piorou no início do segundo quarto, quando o Thunder alcançou sua maior vantagem: 17 pontos. A desvantagem parece ter despertado os anfitriões e a partida mudou radicalmente de figura: de repente, era o Thunder que fracassava em seus tiros enquanto o Heat anotava dez pontos seguidos, reduzindo a diferença para apenas três pontos ao final do primeiro tempo: 49 a 46.

Neste ponto, LeBron James já se destacava com um jogo completo. Apesar de anotar apenas 10 pontos, o MVP da temporada já acumulava oito assistências e seis rebotes.

Com o começo da segunda metade da partida, coube às estrelas assumirem a responsabilidade do jogo. Durant e Westbrook, pelo Thunder, e LeBron e Wade pelo Heat, praticamente monopolizaram as definições ofensivas. A exceção era o armador Mario Chalmers.

O armador do Heat, que estava fazendo uma série bastante discreta, cresceu no terceiro e quarto período, anotando 19 pontos. Se no ataque Chalmers ia bem, na defesa ele não conseguiu parar as infiltrações de Westbrook, que neste momento era o melhor do Thunder.

Com cinco minutos para o fim do último quarto, um lance assustou a torcida do Heat: LeBron tentou infiltrar, tropeçou e sentiu cãimbras na perna direita. O ala teve de sair carregado, mas retornou alguns minutos depois e no primeiro arremesso acertou uma bola de três, que acendeu a torcida a dois minutos do fim.

Com o Thunder perdendo por três pontos, Westbrook cometeu o grande erro da partida e fez uma falta desnecessária no final da posse de bola do Heat, ampliando a diferença para cinco pontos a menos de um minuto do fim. Coube ao Heat administrar a vantagem e garantir a vitória. Ironicamente, o armador que fez sua melhor partida de playoffs na carreira ao anotar 43 pontos, saiu de quadra como vilão da derrota do Thunder.