•  
     

Com ataque reserva, Alemanha bate Grécia, quebra recorde e vai às semis

Löw aposta em trio ofensivo de suplentes para superar rivais em Gdansk e alcançar quarta vitória consecutiva. Rival sai do duelo entre Itália e Inglaterra

Nada de titulares no ataque. Foi com uma formação sem o artilheiro Mario Gomez, Lukas Podolski e Thomas Müller que a Alemanha venceu a Grécia por 4 a 2, em Gdansk, na Polônia, e se classificou para as semifinais da Eurocopa 2012. O técnico Joachim Löw apostou nos suplentes do ataque e a estratégia surtiu efeito. Os gols do triunfo foram marcados por Lahm, Khedira, Klose e Reus. Samaras e Salpingidis, de pênalti, descontaram para os gregos.

Pela primeira vez na história, a Alemanha venceu quatro jogos consecutivos na Eurocopa. O time germânico agora vai esperar o vencedor do confronto entre Inglaterra e Itália, que se enfrentam no próximo domingo, em Kiev, na Ucrânia. O Sportv e o GLOBOESPORTE.COM transmitem a partida ao vivo. O site acompanha em Tempo Real. A semifinal será disputada na próxima quinta-feira, dia 28, em Varsóvia, na Polônia.

Imagem

Lahn fura ferrolho grego e marca em chute de fora da área

Ataque contra defesa. Assim pode ser definido o primeiro tempo do duelo desta sexta-feira. Enquanto a equipe de Joachim Löw buscava a posse de bola para chegar ao gol dos rivais, os gregos atuavam nos erros do adversário, sempre na expectativa de um contra-ataque para abrir o placar.