•  
     

Call of Duty: Black Ops é o maior investimento da Activision

Robert "Bobby" Kotick, diretor-executivo da publicadora de jogos eletrônicos Activision, revelou que o lançamento do jogo Call of Duty: Black Ops contará com o maior investimento de capital já feito na história da empresa.
O jogo estreia em novembro de 2010.
O título é feito para as plataformas Dual Screen (DS), Playstation 3 (PS3), Wii, Windows (PC) e Xbox 360 (X360). Quem assina é a produtora Treyarch, da cidade de Santa Monica, Estados Unidos.
Kotick não disse o valor gasto para a estreia de Black Ops, mas o capital é superior da estreia de Call of Duty: Modern Warfare 2 (2009), que tem o recorde de ser o maior lançamento da história da indústria de jogos eletrônicos e é o segundo maior da indústria do entretenimento (que engloba cinema, música, teatro e televisão, além de jogos eletrônicos) -- o primeiro é o filme Avatar (2009).
"É o maior investimento que já fizemos para lançar um produto", segundo o próprio Kotick. "Acredito que quando o público ver o produto, todos saberão por que fizemos isso", argumenta. De acordo com o executivo, o aumento do número de jogadores, sejam proprietários de consoles ou de computadores, "está maior do que nunca".
Jogo e série
Call of Duty: Black Ops retrata conflitos armados históricos em locações como Cuba e Vietnã, quando Estados Unidos e União Soviética (à época ainda chamada União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, URSS) disputavam a liderança mundial por meio da pressão militar e política.
Black Ops (título que remete a "black operations", quer dizer, "operações às escondidas") foca especialmente missões de espionagem ou campanhas em que as tropas atuam sob disfarce.
Em uma das missões os jogadores estão a bordo de um caça Lockheed SR-71 Blackbird, aeronave de reconhecimento (que não pode ser pilotada no jogo), de onde é possível acompanhar e direcionar tropas, e espionar atividades suspeitas ao sobrevoar os Montes Urais.
A publicadora licenciou várias músicas americanas da época da Guerra do Vietnã (1959-1975), além de outras típicas de países como Cuba, União Soviética e de nações do continente africano -- possíveis locações do jogo. No final de 2009, a equipe da produção confirmou estar à procura de "um designer de cenários que seja aficionado pelo trabalho e pesquise a história para elaborar o visual dos ambientes".
Mark Lamia, líder de estúdio da produtora Treyarch, disse estar ansioso para que a comunidade de fãs de Call of Duty (CoD) experimente o episódio Black Ops. "O estúdio inteiro está focado no desenvolvimento deste jogo, com equipes especialmente dedicadas aos modos solo e multijogador (competitivo e cooperativo)", escreveu via Twitter.
Entre os modos para múltiplos jogadores, está inclusive uma opção para que até quatro pessoas participem cooperativamente da campanha principal.
Noah Heller, produtor responsável pelo episódio World at War (WaW), lidera Black Ops.
A série tem mais de 55 milhões de cópias vendidas mundialmente e seu faturamento ultrapassou US$ 3 bilhões ao longo dos últimos sete anos. Aliás, somente a spin-off Modern Warfare (MW) acumula mais de 39 milhões dessas cópias.
Call of Duty: Black Ops (produção: Treyarch | publicação: Activision), DS, PC, PS3, Wii, X360.
Estreia:
América, novembro de 2010
Ásia, novembro de 2010
Europa, novembro de 2010
Oceania, novembro de 2010


fonte: http://games.terra.com.br/interna/0,,OI ... ision.html