•  
     

Boeing adia mais uma vez entrega do primeiro 787 Dreamliner

As primeiras entregas do jato executivo 787 Dreamliner foram novamente postergadas, informou a Boeing por meio de um comunicado nesta sexta-feira. Após a empresa ter relatado em julho que o lançamento da aeronave seria no início de 2011, a companhia agora estima que o jato esteja pronto até o meio do primeiro trimestre do próximo ano.

Os principais motivos deste novo anúncio de atraso foram problemas na montagem e transporte dos motores dos aviões. A porta-voz da Boeing disse que a companhia está trabalhando em parceria com a Rolls-Royce (fabricante dos motores) para agilizar ao máximo o processo.

O atraso na entrega foi divulgado quatro dias após um motor Trent 1000 da Rolls-Royce ter explodido durante um teste em Derby, Inglaterra, forçando a companhia a temporariamente fechar a fábrica.

A Rolls-Royce confirmou que não conseguirá entregar os motores de acordo com o calendário da Boeing, mas negou que isso seja por conta de uma recente falha mecânica em um teste de voo. "Fomos informados que a data de entrega do motor Trent 1000 não serão a tempo dos últimos testes", informou a companhia em nota.

"É provável que alguma modificação seja necessária ao motor Trent 1000 no 787 que já está no programa de certificação", disse o analista Howard Wheeldon, da BGC Partners.

"Ainda que seja um claro revés para o programa de desenvolvimento (do avião), não vemos qualquer problema de engenharia da Rolls-Royce como um grande obstáculo ao 787", afirmou.

A produção do modelo foi adiada cinco vezes nos últimos três anos e o primeiro voo foi postergado seis vezes, sendo realizado somente em 15 de dezembro. Em julho, as pendências que geraram o primeiro atraso, "até as primeiras semanas de 2011", foram a falta de mão de obra e instrumentação adequada.

A entrega será feita para a All Nippon Airways (ANA), do Japão, que encomendou 55 unidades do avião. A fabricante americana prometeu entregar oito aeronaves até abril de 2011.

O Boeing 787, segundo a empresa de aviação, é feito de material que deixa a aeronave mais leve e econômica que as concorrentes.
1526388-0875-it2.jpg
1526388-0875-it2.jpg (12.43 KiB) Visto 35 vezes