•  
     

Barnes & Noble lança versão do Nook com tela colorida

Imagem

Após o lançamento do Kindle 3 pela Amazon, o Nook, leitor de livros eletrônicos da Barnes & Noble estava meio desaparecido. Entretanto, a livraria norte-americana anunciou nesta segunda-feira o Nook Color, nova versão de seu aparelho, trazendo como maior novidade a tela colorida.
Sites de tecnologia especulavam há dias sobre o lançamento. O maior dos rumores era mesmo a tela colorida, mas não sabiam qual tecnologia seria utilizada para isso. Sites como o CNET apostavam na tecnologia Mirasol, da Qualcomm, que possibilitava leitura direta no sol e a reprodução de vídeo.
Mas o que a Barnes & Noble descreve em seu site parece muito mais com uma tela LCD modificada. A presença da tecnologia IPS leva a crer que o chamado display colorido VividView seja similar ao LCD utilizado em outros dispositivos móveis, mas com características próprias para um leitor de livros eletrônicos.
A tecnologia VividView presente na tela de 7 polegadas do Nook Color tem 16 milhões de cores, iluminação própria, alta definição e promete imagens claras e textos com melhor contraste. A tecnologia IPS foi criada em 1996 pela Hitachi e serve para melhorar a leitura em ângulos mais extremos nas telas de LCD. Em uma primeira olhada, o site Engadget afirma que a tela é boa e que o toque tem resposta rápida, apesar da transição de páginas ainda ser um pouco lenta.
Outra característica que poderia revelar o uso de LCD pela Barnes & Noble seria a duração da bateria. Enquanto o Kindle 3 da Amazon chega a 3 semanas sem precisar de recarga, o NOOKcolor aguenta apenas 8 horas longe da tomada, perdendo assim uma das maiores vantagens dos leitores de livros eletrônicos.
Além da tela colorida, o Nook Color traz mais novidades. Seu sistema baseado em Android está mais bonito e personalizável, tornando sua interface mais bela do que a do Kindle 3. Funções especiais para livros infantis, como leitura com voz especial e interações animadas foram prometidas para breve. Jogos, navegador e reprodução de vídeos também estão entre as novas funções.
E por rodar o sistema Android podemos apostar que a Barnes & Noble pretende seduzir mais desenvolvedores para a construção de aplicativos. Juntamente com o Nook Color, a livraria anunciou um programa para desenvolvedores que deve trazer mais popularidade e mais funções ao produto.
Sendo um leitor de livros eletrônicos mas possuindo tela colorida e acesso a internet e jogos, não ficou claro qual o mercado de atuação do Nook Color, se competirá com o Kindle 3, com o iPad ou com ambos. É esperar para ver.
Por enquanto, a Barnes & Noble só comercializa o Nook e o Nook Color nos Estados Unidos, pelos valores de US$ 149 e US$ 249, respectivamente. Porém, quem está ansioso para conhecer a nova tela vai ter que esperar mais um pouco. Apesar de já estar disponível para pré-venda, o Nook Color só começará a ser comercializado a partir do dia 19 de novembro.

Foont: Terra.com.br