•  
     

Anderson troca caretas por ameaça ao pé do ouvido e empurrão em rival – E quem se diverte é Dana White

Como já era previsto, o primeiro encontro entre Anderson Silva e Chael Sonnen em Las Vegas antes da luta no UFC 148, foi quente, mas muito quente. E de todos que compareceram no local, incluindo torcedores e jornalistas, tranquilamente quem mais se divertiu foi Dana White.
Mas antes vamos ao show dado por Anderson Silva.

ImagemO lutador brasileiro parecia tranquilo durante o evento. Apesar de intercalar respostas ríspidas contra o adversário com outras monossilábicas, ele se manteve impassível. Sempre falou em um tom baixo, pausadamente.

Em nenhum momento ele interrompeu as respostas de Sonnen, mas sempre que o americano estava falando, desfiava uma série de caretas – apesar de responder tudo em português, ele estava entendendo o que Chael dizia.

Mas o clima esquentou de vez na hora da encarada. O campeão dos médios não ficou apenas nas caretas e partiu para cima de Sonnen. Primeiro o empurrou com o peito e depois, quando foi separado por Dana White e pelos seguranças, Silva aproximou seu rosto do rosto de Chael.

Muito acharam que foi uma tentativa de beijo, mas na verdade Anderson queria dar um recado ao desafiante, fazer uma ameaça ao pé do ouvido. Em uma rápida leitura labial dá para perceber ele falando: “Eu vou te matar”.

Voltamos agora à diversão de Dana White.

O presidente do UFC não conseguia se conter a cada resposta dos lutadores, principalmente do norte-americano. Diferente do que acontece nas coletivas de outros eventos, ele foi completamente esquecido nas perguntas, virando um mero espectador de tudo que acontecia por ali.

Ele sorriu muito, ficava admirando as respostas, as provocações e, em muitos momentos, precisava se afastar do microfone que tinha a sua frente para poder gargalhar do Chael Sonnen falava.

Mas tinha algo mais nessa diversão toda do dirigente, mais que só as respostas engraçada. Ele sabia que ali, a cada provocação, cada vez que o clima entre os dois esquentava, mais a luta estava sendo divulgada e mais pacotes de pay-per-view ele venderia por todo o mundo.

Ninguém gostou mais daquilo tudo que Dana White.