•  
     

Anatel abre consulta pública sobre cobrança de chamada após linha cair

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) abre a partir de quinta-feira (16) o processo de consulta pública sobre a medida que pretende proibir as operadoras de efetuar cobranças para as chamadas refeitas, em até dois minutos, após queda da linha. A consulta vai durar 10 dias.

Anatel quer impedir cobrança de chamada após linha cair
Anatel terá novo regulamento para fiscalização
TIM derruba sinal de propósito, diz Anatel

Após esse período, o texto volta para análise da agência e precisa ser aprovado pelo Conselho Diretor. As operadoras terão cerca de um mês para se adaptarem à imposição, que está prevista para entrar em vigor em setembro.

De acordo com o conselheiro Marcelo Bechara, a menos que sejam feitas "contribuições revolucionárias" o plano deve permanecer nos moldes em que está -- o que exigirá que as empresas se apressem para criar uma maneira de evitar a nova cobrança ou restituir o cliente caso ela ocorra.

"A proposta é para início imediato. As empresas já podem começar a se preparar para a nova realidade. É uma medida extremamente simples", defendeu Bechara.

Como as empresas ainda não se manifestaram, não é possível dizer como um cliente pré-pago, que tem os créditos diminuídos imediatamente após cada chamada, poderá reaver os valores referentes às tentativas de refazer a ligação.


Fonte : UOL