•  
     

Alunos infelizes!

Imagem

Em Divinópolis, no Centro-Oeste, os alunos das escolas públicas tem se destacado nas Olimpíadas Brasileiras de Português e Matemática. Os alunos do Centro-Oeste já ganharam 309 medalhas. Sessenta e cinco apenas no ano passado. E de Divinópolis também são os primeiros lugares do Programa de Avaliação da Alfabetização em de Minas Gerais.

Além de boa leitura, os estudantes do ciclo de alfabetização da Escola Halim Souki também se destacam na escrita e na interpretação de texto. Eles conseguiram uma nota 17% acima da média estadual no Programa de Avaliação da Alfabetização de Minas Gerais. "Além do trabalho eficaz do professor diariamente junto com os alunos, nós temos o auxílio do professor de biblioteca que faz a intervenção com os alunos que apresentam mais dificuldades e também o eventual", comentou a pedagoda responsável, Leila Maiyr.
A mesma preocupação ocorre na Escola Estadual Pedro Magalhães. A instituição de ensino ficou em primeiro lugar em Minas Gerais. Somou 700 pontos, ou seja, 100% de aprovação. A frase que está no pátio resume o que se busca por escola: “Toda escola pode fazer a diferença”.
saiba mais
Professores de Uberaba, MG, avaliam desempenho dos alunos
Escola de Araxá, MG, é beneficiada com o 'Escola Conectada'
Melhor idade investe na alfabetização digital em Divinópolis, MG
Na biblioteca é possível perceber como o trabalho feito na sala de aula fez a diferença e tudo é improvisado. Falta espaço para guardar os 5 mil exemplares do acervo e muitos ficam em caixas empilhadas no chão. Contudo, a falta de estrutura não desanima as crianças. E a biblioteca é o lugar preferido delas. Cada criança uma lê, em média, um livro por semana. "Com o pouco que nós temos nós conseguimos. Então se tivermos mais quem sabe?", disse a vice-diretora, Carla Rabelo.
Samira Fátima do Carmo é uma das estudantes do terceiro ano que mais pega livros. "Cada vez eu leiouma história diferente e vou aprendendo mais histórias", contou.
Hábito incentivado pela mãe. "Sempre paro um pouco no meu dia para ouvir e ler o que ela tem para passar para mmim e tirar as dúvidas dela", afirmou a esteticista Marisa Gomes.
A participação dos pais na escola foi apontada pela Secretária de Estado de Educação como um dos diferenciais do Centro-Oeste mineiro. O índice de alfabetização nas 134 cidades da região foi de 94,7%. O melhor resultado de uma Superintendência Regional de ensino. "Todos os indicadores de ensino aqui temos tido resultados muito positivos. Isso mostra a qualidade da superintendência e a qualidade da gestão das escolas. E claro o bom trabalho dos professores", comentou a secretária de Estado da Educação, Ana Lúcia Gazzola.