•  
     

Adriano fará exame nesta segunda, e Zinho diz: ‘Está tudo na mão dele’

Imagem Depois do rodízio de carnes, uma rodada de conversa. Adriano teve na tarde deste sábado a primeira reunião para discutir seu retorno ao Flamengo, depois de almoçar em uma churrascaria. E o encontro contou com diversos setores do clube. Zinho, Dorival Júnior, o vice de futebol Paulo Cesar Coutinho, o médico José Luiz Runco e até mesmo a presidente Patricia Amorim sentaram à mesa com o atacante e seu empresário, Luca. O encontro, que animou a diretoria, aconteceu num hotel na Barra da Tijuca, começou às 15h40m e terminou por volta de 17h20m. Na segunda-feira, Runco vai realizar exames no tendão de Aquiles do pé esquerdo do jogador. Com a aprovação, o futuro estará nas mãos - ou nos pés - do Imperador.

- Tivemos uma primeira reunião (em junho) e estipulamos uma meta até 1º de agosto para conversar sobre um vínculo dele com o clube, mas o prazo foi estendido. Essa meta não foi alcançada por conta de alguns treinamentos que não foram realizados, teve troca de treinador, e o Runco estava nas Olimpíadas. Agora, achei que era o momento de fazer a última conversa para partir para outro estágio. A Patricia fez questão de participar, foi legal ela se colocar à frente, mostrar empenho para que a gente recupere o Adriano. Batemos um papo franco, sincero, direto. Na segunda-feira, ele vai fazer um último exame para ter a liberação total. Está tudo na mão dele, só depende dele - afirmou Zinho.


Depois do exame, uma nova conversa deve acontecer entre o diretor de futebol e o empresário de Adriano para que seja discutido um vínculo, a princípio até dezembro. A partir daí, ele já seria funcionário do Rubro-Negro.

- Após o exame, devo sentar com o representante dele para saber se esse vínculo será feito mesmo para o restante do ano e para ele ser inserido no grupo, com todas as obrigações e responsabilidades que os outros atletas têm também.

Os integrantes do futebol rubro-negro chegaram antes de Adriano para o encontro. Runco foi o primeiro, seguido por Zinho e Paulo César Coutinho. Patricia Amorim chegou em seguida.

Na saída, Adriano preferiu não comentar sobre a reunião.

Fonte: GloboEsporte